Está aqui

Revista Cargo

Sines recupera "quota maioritária absoluta" da movimentação portuária nacional

O Porto de Sines voltou a recuperar a maior quota nacional de movimentação de carga portuária, detendo neste momento 50,2% dos movimentos.

Segundo a análise da Revista Cargo aos números da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT), o desempenho do porto alentejano nos meses de maio e junho permitiu-lhe a recuperação da quota maioritária do movimento de cargas em Portugal, apesar de uma quebra de 9,9%.

Porto de Sines sobe no ranking mundial de contentores

O Porto de Sines alcança a melhor classificação de sempre no ranking mundial de contentores. Segundo a Revista Cargo e depois de em 2016 ter entrado, pela primeira vez na sua história, no top-100 dos portos mundiais com mais contentores movimentados, no ano passado o Porto de Sines escalou três lugares na tabela da Alphaliner e é agora o 88.º maior porto mundial.

Em 2017, Sines movimentou 1,67 milhões de TEUs, naquele que foi também o melhor resultado da sua história, num crescimento de 10,3% face aos resultados de 2016 (1,51 milhões de TEUs).