Está aqui

Ressonância Magnética

Hospital de Beja com equipamento de ressonância magnética em 2022

O distrito de Beja deixará de ser o único distrito nacional onde não é possível realizar ressonâncias magnéticas.

Um investimento de 1,2 milhões de euros - o concurso público para compra do equipamento deverá ficar concluído até ao final deste ano - vai permitir ao hospital de Beja dispor de um equipamento de ressonância magnética até final de 2022.

Litoral Alentejano instala primeira ressonância magnética da região

A Clídis, que até final do ano será transformada no primeiro hospital privado de todo o Litoral Alentejano, tem instalada, desde o início deste mês, a primeira ressonância magnética da região.

Em comunicado, citado pelo Jornal Sudoeste, a unidade integrada no grupo Hospital Particular do Algarve reforça que esta resposta “minimizará a necessidade de deslocações da população” e, sobretudo, “proporcionará diagnósticos mais céleres e seguros no apoio às especialidades médicas e ao atendimento permanente”.