Está aqui

Privacidade

MAIS DE UM TERÇO DOS CASAIS ESPIA OS PARCEIROS NAS REDES SOCIAIS

Os números resultam de um estudo da Kasperky Lab e da Toluna e revelam que no que diz respeito ao "amor digital", 33% dos utilizadores das redes sociais admite espiar os seus parceiros, sendo que este número chega aos 50% se estivermos a falar de relações instáveis.

O mesmo estudo revela ainda que 80% dos utilizadores das redes sociais defende a privacidade online e offline, apesar de cerca de metade dos casais partilhar palavras-passe dos seus dispositivos e uma em cada quatro pessoas ter as suas contas de redes sociais guardadas nos dispositivos eletrónicos dos seus parceiros.

CADA MACACO NO SEU GALHO

Se algo me preocupa e entristece no país em que vivo são, sem dúvida, os contornos pelos quais a educação se pauta. Não só não formamos seres pensantes independentes como, agora, parece-nos aceitável (ou ainda mais) retirar-lhes a independência relativamente á sua religião e á escolha da mesma.