Está aqui

Prémio Literário Joaquim Mestre

Jornalista João Céu e Silva ganha Prémio Literário Joaquim Mestre

O romance “Guadiana”, da autoria do jornalista João Céu e Silva, é a obra vencedora da 3.ª edição do Prémio Literário Joaquim Mestre, promovido pela ASSESTA – Associação de Escritores do Alentejo, em parceira com a Direção Regional de Cultura do Alentejo (DRCA).

De acordo com a Lusa, a cerimónia de entrega do prémio e respetivo ento da obra vai decorrer na Biblioteca Municipal de Beja, em outubro. A associação refere ainda que a obra vencedora foi escolhida no passado sábado, na reunião do júri da terceira edição do prémio.

ASSOCIAÇÃO DE ESCRITORES DO ALENTEJO LANÇA NOVO PRÉMIO LITERÁRIO

O novo prémio literário que homenageia o romancista e contista alentejano já desaparecido Joaquim Mestre, daí ter recebido o seu nome, é lançado nas comemorações do Dia Mundial do Livro, a 23 de abril, e visa promover, defender e valorizar a Língua Portuguesa e a Identidade e Diversidade cultural da Região Alentejo, as suas tradições, incentivar a Criação Literária nas modalidades de conto e romance e o gosto pela Leitura e pela Escrita.

NOVO PRÉMIO LITERÁRIO NO ALENTEJO

Nasceu ontem o “Prémio Literário Joaquim Mestre”, um prémio que será instituído pela Assesta - Associação de Escritores do Alentejo, em parceria com a Direção Regional de Cultura do Alentejo – DRCA.

O protocolo foi assinado ontem, 28 de janeiro, em Évora, contou com as participações de Joaninha Duarte, Contadora de histórias, Napoleão Mira e a sua performance de Spoken work, Marta d'Almeida e o seu Jazz Alentejano, e de Fernando Évora, com leitura de um texto de Joaquim Mestre