Está aqui

Portugal

Em defesa do espaço europeu: Zorrinho defende “autonomia estratégica”

O eurodeputado português, Carlos Zorrinho, defende a “autonomia estratégica” da defesa Europeia como o melhor caminho para garantir a paz.

Esta tarde, em Estrasburgo (França), o eurodeputado alentejano afirmou que “Os novos desafios geoestratégicos exigem que a União Europeia reforce as suas capacidades próprias de segurança e defesa, fortalecendo ao mesmo tempo a sua capacidade de participar de igual para igual em parcerias alargadas para manutenção da paz e prevenção de conflitos”.

Turismo: ninguém pára o Alentejo

O Turismo continua a crescer em Portugal; as receitas cresceram 15% e o número de turistas 3%, sendo que o Alentejo cresceu acima da média nacional.

Ainda a crescer acima da média nacional estão a Região Centro e os Açores.

Este crescimento de regiões que não eram tão turísticas há pouco tempo está mesmo a levantar o problema da falta de mão-de-obra qualificada e a empregabilidade dos recém-formados no sector ronda os 90%.

 

Alentejo no topo de quem mais gasta em medicamentos

O Alentejo está no topo das regiões que mais dinheiro gasta em medicamentos por habitante, a par da região centro.

Em média, um habitante de Mora gasta 390 euros/ano em medicamentos, mais 275 euros que os habitantes que menos gastam, os habitantes da Maia, no Porto.

Os dados são do Observatório Português dos Sistemas de Saúde e que refere que esta pode ser uma das justificações para o aumento do endividamento do SNS. A despesa com medicamentos tem vindo a aumentar desde 2012 e até 2016 passou de 2,19 mil milhões para 2,27 mil milhões de euros.

 

Zorrinho com solução para impasse no Programa Digital Europeu

Na sua intervenção feita dia 18 de Junho na Comissão de Indústria, Investigação e Energia, no âmbito do diálogo estruturado com a Comissária para a sociedade digital, Mariya Gabriel, Carlos Zorrinho considerou que o Programa Digital Europeu 2021-2027 com um investimento previsto de 9,2 mil milhões de euros, é uma enorme oportunidade para que a UE não seja relegada para um lugar secundário na revolução em curso, a qual vai transformar a forma como nos organizamos, criamos valor e vivemos em sociedade.

David Justino em Évora para debater Educação

A organização é dos Trabalhadores Social Democratas (TSD) que vai organizar, amanhã, a partir das 19h, no pátio do Museu de Arte Sacra da Sé de Évora, o debate “Educar… políticas públicas e comunidade escolar”.

David Justino, vice-presidente do PSD, professor universitário e ex-Ministro da Educação será um dos oradores num painel a que se juntam o secretário-geral dos TSD e deputado social-democrata Pedro Roque e a diretora do Agrupamento de Escolas n.º4 de Évora, Maria de Lurdes Brito.

 

Imagem de thumbs.web.sapo.io

 

Portugal e Espanha unidos pelo cinema

O cinema documental será o grande destaque da 6ª edição do Periferias - Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valência de Alcântara e que se vai realizar de 10 a 20 de agosto.

A Extremadura espanhola quer passageiros na linha Sines/Caia

À margem do III Plenário da eurorregião EUROACE, esta semana, em Évora, o presidente da Junta da Extremadura espanhola, Guillermo Fernández Vara, revelou que, na sua opinião, não tem qualquer dúvida que – apesar do objetivo principal desta linha ser a ligação dos Portos portugueses de Sines e setúbal a Madrid e à europa central - a linha ferroviária Sines/Caia servirá também de transporte para passageiros.

António Costa abre Sines ao gás natural americano

Numa conferência promovida pela Associação de Amizade Portugal Estados Unidos, o primeiro-ministro António Costa abriu as portas do porto de Sines ao gás natural liquefeito (GNL) americano, deixando no ar a possibilidade de Portugal se transformar assim na porta de entrada na Europa das exportações de gás natural norte-americano.

Meios aéreos reforçados no combate aos incêndios no Alentejo

O Ministério da Administração interna pediu e o Tribunal de Contas concedeu, na passada semana, o visto que permite a contratação de 12 aviões de combate a incêndios.

Com este sinal verde, o Estado já garantiu 25 dos 32 meios aéreos previstos para o combate aos incêndios e – de maio a outubro de 2018 e 2019 - dois aviões médios anfíbios e um avião ligeiro de coordenação, estarão sediados em Ponte de Sor.

Para o combate aos incêndios estará ainda sediado em Évora um helicóptero e um outro meio aéreo em Moura.

 

Imagem de vidadebombeiro.com.pt

 

Quanto vale a Liberdade?

Há 44 anos Portugal via terminar a mais longa ditadura europeia e que durara 48 anos.

No dia de hoje, em 1974, o Movimento das Forças Armadas (MFA) – composto na sua maioria por capitães com participação na Guerra Colonial, com o apoio de muitos outros soldados milicianos – dá, finalmente início aos anseios do povo e põe em curso a revolução que preparava há uns anos.

Páginas