Está aqui

Portugal 2020

Reprogramação dos fundos comunitários corrigiu injustiças com o Baixo Alentejo

Pedro do Carmo considera que o resultado da reprogramação dos fundos comunitários foi positiva para o Baixo Alentejo e que veio corrigir um quadro comunitário, que foi negociado pelo PSD e pelo CDS em "desfasamento com a realidade do país, com a segurança e com o acesso dos cidadãos aos principais serviços públicos e centros urbanos".
 

Interior capta 38% do Portugal 2020. Alentejo destaca-se

A meio do caminho da execução do quadro comunitário de apoio, Portugal 2020, ficamos a saber que o interior do país está a captar 2 em cada 5 euros que são alavancados pelos incentivos à inovação do Portugal 2020, investidos em unidades de produção, hotéis e fábricas.

Tal decorrerá porque o programa está a majorar apoios e a abrir concursos exclusivos a quem aposte no interior. A 31 de dezembro de 2018 €744 milhões (38%) dos €1980 milhões investidos em projetos de raiz (greenfield) foram feitos no interior.

Alcácer procura crédito para investimento de 4,4 milhões de euros

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal está à procura de contratar empréstimos de médio e longo prazo, para financiamento do seu Interface de Transportes e do Parque Urbano de Alcácer, que têm um investimento elegível de 4.460.206,37 euros, comparticipados em 85 por cento por fundos comunitários.

Para conseguir os cerca de 1,1 milhões de comparticipação, a autarquia conta com a linha de financiamento do Banco Europeu de Investimento, criada para apoiar exclusivamente projetos comunitários aprovados, e cujos créditos não contam para o apuramento da dívida total das autarquias.

Luz verde para concurso do novo Hospital Central do Alentejo

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas (MPI), Pedro Marques, anunciou hoje no Parlamento, que estão dadas como concluídas as negociações técnicas com a Comissão Europeia relativas à reprogramação do Portugal 2020 e que dentro de um mês vão começar a ser lançados concursos para novos investimentos apoiados pelos fundos comunitários.

Sousel conseguiu 2,2 milhões para recuperar Pousada de S. Miguel

O Município de Sousel acaba de ver aprovado pelo Portugal 2020, o seu projeto de reabilitação da Pousada de S. Miguel, com um investimento de 2,2 milhões de euros. Segundo aquele município as obras ainda terão início este ano e visam "aumentar o potencial económico, social e turístico" do concelho.

A Pousada de São Miguel em Sousel, foi encerrada em 2010, por dificuldades de exploração do Grupo Pestana, que detinha até então a sua gestão como unidade de turismo cinegético.

Alentejo Central destaca-se no país no acesso aos incentivos comunitários

Onde estão os empresários que mais concorrem aos incentivos do Portugal 2020? Quem tem mais projetos aprovados?  As perguntas resultaram numa análise comparativa do "Expresso" e que coloca o Alentejo Central em destaque nas 23 regiões do continente no que toca a incentivos comunitários, a para de Aveiro, Leiria e Beira Baixa.

Os cálculos avaliam a vontade em concorrer aos sistemas de incentivos do atual quadro comunitário, ao mérito em ver os projetos aprovados e à capacidade em concretizar os investimentos no terreno.

Alentejo já recebeu 700 milhões de euros em projetos empresariais

A declaração é de Pedro Marques, Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, feit ano Congresso Melhor Alentejo, em Portalegre. Mas a expectativa é que o investimento aumente com a aposta na linha ferroviário que atravessa o Alentejo e que "vai viabilizar a instalação de plataformas logísticas e industriais que criam valor para o território.

Para o Ministro estes investimentos tornam o Alentejo mais atrativo para as empresas e para o investimento e isso significa mais emprego.

Reprogramação do Portugal 2020 pode salvar Fortaleza de Juromenha

João Grilo, presidente da Câmara Municipal do Alandroal, é peremptório quanto às soluções para a Fortaleza de Juromenha, que sofreu várias derrocadas este ano, devido às intempéries. A reprogramação do Portugal 2020 e uma candidatura a fundos comunitários que permitam obras de conservação e restauros das muralhas daquela Fortaleza, criarão condições para atrair investimento privado e, à imagem do que acontece com os edifícios que estão ao abrigo o programa REVIVE, dar um novo destino ao espaço, que promova turisticamente a região e crie riqueza.

Municípios alentejanos com orçamento reforçado em 108 M/€

Com o objetivo de reforçar os investimentos de base territorial, após uma reprogramação do programa operacional Portugal 2020, serão distribuídos mais 108 milhões para os municípios de Alentejo.

No total nacional, a reprogramação dos fundos comunitários do Portugal 2020 representa um acréscimo de 607 milhões de euros para investimentos na área das infraestruturas escolares, de saúde e sociais, ou na política urbana da reabilitação e da mobilidade.

 

Alentejo e Ribatejo ganham estrutura para desenvolver atividades cinematográficas

O Alentejo e Ribatejo já têm uma estrutura para fins cinematográficos, a «Alentejo e Ribatejo Film Commission» (ARFC), a nona Film Commission, que foi criada no nosso país, em setembro de 2017, abarca 58 municípios (47 no Alentejo e 11 no Ribatejo), cobrindo cerca de 1/3 do território continental português e que foi fundada por pessoas ligadas ao mundo audiovisual e que está a operar desde março deste ano.

Páginas