Está aqui

Portugal

A Geringonça Fantasma

Vamos ter uma legislatura completamente diferente da anterior: sem Geringonça, sem Geringonça 2.0, mas com uma Geringonça Fantasma. A culpa disto tudo foram os resultados das eleições legislativas do último domingo.

Liberdade, Independência, República e Educação

Hoje é 5 de outubro. Mais um. Podia este ser um dia qualquer, mas não é, e este ano, sendo o dia de reflexão que antecede mais um ato democrático, toma ainda mais relevo. E não fossem dois acontecimentos que hoje se celebram e podíamos nem ser país, nem viver em República.

Os alentejanos morrem mais cedo

Um estudo do Instituto Nacional de Estatística (INE) e que revela que os alentejanos vivem menos que os habitantes das outras regiões.

Estes dados sobre a esperança média de vida em Portugal revelam que a região do Cávado, com destaque para Braga, é a região com maior longevidade, estando o Baixo Alentejo no polo oposto, a para das ilhas, as áreas onde os indicadores de esperança de vida, à nascença, é mais baixa.

A diferença da esperança média de vida de Braga para o Baixo Alentejo, como por exemplo nos concelhos de Mértola ou Aljustrel, é de 3,05 anos.

Investimento de 27 Milhões de euros debatido em Évora

Será em Évora que se reunirão os parceiros do projeto “Magalhães”, um projeto que representa um investimento superior a 27 milhões de euros e que, entre outras iniciativas, pretende recriar a rota efetuada pelo navegador português Fernão de Magalhães na primeira circum-navegação do globo, celebrando assim os 500 anos da façanha.

Alemã Clara-Jumi Kang e Orquestra de Macau juntas para tocar no Alentejo

Para assinalar o 20º aniversário da transferência de poderes da Administração Portuguesa de Macau para a República Popular da China, a solista Clara-Jumi Kang e a Orquestra de Macau vai dar concertos em Évora, Coimbra, Portalegre e Lisboa.

Portalegre: nasce arte no Espaço Robinson

A arte volta a ser destaque no Espaço Robinson, em Portalegre. Entre 13 e 22 de setembro, o espaço da antiga Fábrica Robinson vai ser a casa da residência artística "Conviver na Arte – a Joalharia Contemporânea e a Pintura Mural".

Esta iniciativa é financiada pela União Europeia, ao abrigo do Programa INTERREG V-A e que envolve Portugal e Espanha.

Incêndios: área ardida em 2019 caiu 63%

A base de dados nacional de incêndios rurais registou, entre 1 de janeiro e 15 de agosto, um total de 7192 incêndios rurais que resultaram em 26199 hectares de área ardida. Comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos últimos 10 anos, registaram-se menos 43% de incêndios rurais e menos 63% de área ardida., segundo refere o Ministério da Administração Interna em comunicado.

O ano de 2019 apresenta, até ao dia 15 de agosto, o 2.º valor mais reduzido em número de incêndios e o 2.º valor mais reduzido de área ardida desde 2009.

 

 

Sírios lutam por uma comunidade auto sustentável no Alentejo

O projeto já tem nome: “Orquídea” - uma flor sobrevivente e surge da cabeça do engenheiro informático sírio Alan Ghunim, o presidente da Associação Família de Refugiados.

Alan, com 36 anos, é refugiado em Portugal há cerca de 3 anos. Podia ter ido para a Alemanha, onde já tinha família, mas quis Portugal por sentir proximidade nos portugueses e reconhece os portugueses como simpáticos e dignos. A revista “Sábado”, na sua edição desta semana, revela que Alan tem um sonho: criar uma comunidade auto sustentável no Alentejo, visto ser a região que mais se assemelha à Síria.

Extremadura Espanhola tem 60 escolas a ensinar português

Só em Badajoz há 16 escolas interessadas em manter o ensino da língua portuguesa no ano letivo 2019/20, uma década depois do acordo firmado entre o Instituto Camões e a Junta da Extremadura. Ao todo a aprendizagem da língua portuguesa chega a 63 escolas na região, mais oito do que no ano letivo passado, segundo a edição online da Hoy, que considera o aumento do número de alunos de português com o aumento do interesse na língua.

Espanhóis da Extremadura voltam a celebrar o 10 de junho português

Para comemorar o Dia de Camões e das Comunidades Portuguesas a região da Extremadura espanhola preparou novamente um programa de atividades ligadas à arte, ao cinema, à literatura, à música e à gastronomia portuguesas.

Páginas