Está aqui

PAC

PAC paga 486 milhões a agricultores na próxima semana

Segunda-feira que vem, 31 de dezembro, o Ministério da Agricultura vai pagar, através do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP) as ajudas aos agricultores, no âmbito dos apoios da Política Agrícola Comum (PAC) da União Europeia, financiada por fundos nacionais e comunitários, cujo montante global ultrapassa os 486 milhões de euros.

Os 486 milhões de euros que os agricultores recebem na próxima segunda-feira integram o montante global de 1.440 milhões de euros pagos aos agricultores portugueses no ano que agora termina.

PORTUGAL VAI RECEBER E DEVOLVER MILHÕES DA AGRICULTURA

Segundo as regras da PAC (Política Agrícola Comum) reformada em 2013, a Comissão Europeia prepara-se para reembolsar a reserva de crises agrícolas não utilizada em 2015. Para Portugal serão devolvidos 6,5 milhões de euros. Que também terá de devolver 1,9 milhões de fundos mal utilizados na agricutura.

Agricultores já podem pedir apoios directos da nova PAC

Já abriram os primeiros concursos para os apoios directos da nova Política Agrícola Comum (PAC).

Em causa estão quatro mil milhões de euros até 2020. Com a nova PAC, a União Europeia tinha por objectivo uniformizar os apoios em toda a Europa, em função da dimensão das explorações, mas a reforma vai ser feita de forma faseada. Por isso, os agricultores portugueses passarão a receber entre 570 e 600 milhões de euros em apoios directos anuais, explicou José Diogo Albuquerque [secretário de Estado da Agricultura], ou seja, 192 euros por hectare. (…)