Está aqui

Páscoa

Crise energética e chuva não afastam turistas da Páscoa do Alentejo. Hotéis quase nos 90%

Para Ceia da Silva, presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo esta será uma "Páscoa excelente no contexto do que tem sido o crescimento do Alentejo" no que diz respeito ao turismo de famílias que só podem gozar pausas quando os filhos estão de férias, apesar do pânico gerado com a greve dos motoristas de transportes de matéria perigosa e da corrida aos postos de combustíveis, que estão a encerrar sucessivamente e à medida que vão esgotando os seus stocks de combustível.

Hospital De Beja com visitas livres

Esta Páscoa, os doentes internados no Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, vão poder receber visitas livres até segunda-feira.

Exceção feita às Unidades de Neonatologia, Cuidados Intermédios de Cardiologia, Cuidados Intensivos Polivalente, Internamento de Psiquiatria, Serviço de Obstetrícia e Serviço de Pediatria, a medida é uma iniciativa do Serviço de Assistência Espiritual e Religiosa da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo e aplica-se aos horários das 11h30 às 13h30, das 14h30 às 16h30 e das 18h às 20 horas.

 

Imagem de klenair.com

 

Viana do Alentejo com férias educativas para ocupar crianças na Páscoa

O Município de Viana do Alentejo tem um programa de férias educativas para ocupar as crianças durante a pausa letiva da Páscoa e destina-se a crianças dos 6 aos 13 anos, com o objetivo de ocupar os tempos livres em atividades de lazer, desporto e cultura, acompanhadas por monitores. O programa decorre entre os dias 26 de março a 6 de abril e as inscrições, que são limitadas, decorrem até dia 16 de março em Aguiar, no Polo da Biblioteca e, em Viana do Alentejo, no Balcão Municipal. Em Alcáçovas as inscrições decorrem na Junta de Freguesia local.

A PAIXÃO DE CRISTO

Carregou realmente uma cruz? Alguma investigação encontrou realmente o corpo de Jesus? São só duas questões que muitas pessoas terão colocado, independentemente da sua crença.

No cinema a paixão e a morte de Cristo já foi vista em inúmeras ocasiões, por vezes, de modo substancialmente diferente.

Uma das mais marcantes foi sem dúvida a “Paixão de Cristo”, realizada em 2004, por Mel Gibson, e cuja dureza do filme lhe valeu ser considerado antissemita pela comunidade judaica.

Mas o que se terá passado realmente naqueles dias? O diário espanhol ABC, na sua edição de ontem, 2 de abril, consultou vários especialistas em Fisiologia, História e nas Sagradas escrituras e questionou-os sobre os mitos e as verdades em torno da morte e ressurreição de Jesus.