Está aqui

Orçamento Participativo

POPULAÇÃO DE ODEMIRA JÁ ESTÁ A VOTAR NO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

Um parque de merendas, balneários públicos, um parque de autocaravanismo, recuperar uma Casa do Povo, ou energia solar nas freguesias são algumas das 13 propostas que podem ser votadas pela população, até 30 de novembro, em mais um orçamento participativo (OP) em Odemira, no Litoral Alentejano.

QUER PARTICIPAR NO ORÇAMENTO DE ESTADO 2017?

À semelhança daquilo que já acontece em alguns concelhos, este ano, os portugueses vão também poder participar no Orçamento de Estado 2017.

A intenção é a de contribuir para o desenvolvimento de mecanismos de democracia participativa e para a promoção da participação dos cidadãos na vida do país e das cidades, e, desde modo, o Governo decidiu investir 3 milhões de euros nas áreas da cultura, da ciência, educação e formação de adultos e da agricultura em Portugal continental e nas áreas da justiça e da administração interna nas Regiões Autónomas.

EM ODEMIRA MANDA O POVO

A 14 de dezembro, numa cerimónia a decorrer no auditório da Biblioteca Municipal, pelas 18 horas, vão ser anunciadas as propostas mais votadas pela população e que serão incluídas no Orçamento Municipal de 2016, num valor global de 500 mil euros.

O orçamento participativo de Odemira, existe desde 2001 e em 2014 foi premiado nos Prémios Municípios do Ano da plataforma UM-Cidades - Universidade do Minho.

VENDAS NOVAS ESCOLHEU ONDE GASTAR 250 000 EUROS

Foram 6 os projectos selecionados para execução, resultado da participação da população no Orçamento Participativo da Câmara Municipal.

Um total de 21 projetos do Orçamento Participativo 2015, relacionados com temáticas tão variadas como espaços verdes, criação e qualificação de infraestruturas, pavimentações e repavimentações de estradas e ruas, melhoria de iluminação pública, substituição de passeios, cidadania, crianças e idosos, estiveram a escrutínio durante um mês, recolhendo um total de 3.215 votos, dos quais 2.875 foram válidos e 340 nulos.

ODEMIRA LEVA ORÇAMENTO PARTICIPATIVO AOS JOVENS

Numa iniciativa pouco comum, o Município de Odemira vai promover a deslocação da mesa de voto junto dos três estabelecimentos de ensino secundário e profissional do concelho de modo a incentivar a participação pública junto dos jovens.

MARVÃO: ORÇAMENTO PARTICIPATIVO SEM... PARTICIPAÇÃO

O Município de Marvão anunciou as datas e locais para votação das propostas ao Orçamento Participativo 2015.

As votações decorrem entre os dias 15 e 18 de Setembro, respectivamente nas freguesias de Beirã, Santo António das Areias, São Salvador da Aramenha e Marvão, das 11h às 20h, nas respectivas sedes de Junta de Freguesia.

Ao mesmo tempo a autarquia informou que a sessão de apresentação pública prevista para dia 10 de Setembro, foi cancelada por nenhum dos proponentes ter manifestado interesse em fazer a respectiva apresentação.

ODEMIRA: POPULAÇÃO DECIDE ONDE GASTAR 500 MIL EUROS

Em Odemira a população está a ser envolvida na definição do orçamento da autarquia para o próximo ano.

Foram 19 as propostas apresentadas pela população à autarquia, no âmbito do orçamento participativo, propostas que serão agora avaliadas tecnicamente, e selecionadas para posterior votação.

Cada uma das propostas não pode ultrapassar os 125 mil euros, num total de 500 000 euros e distribuem-se por todo o concelho. Elas  vão desde requalificação de espaços públicos já existentes, à construção de ecovias e espaços de fins recreativos e desportivos.

ODEMIRA

Orçamento participativo em Odemira |

O orçamento participativo de Odemira, existente desde 2001 e premiado em 2014 nos Prémios Municípios do Ano da plataforma UM-Cidades - Universidade do Minho, iniciou o processo para recolha de propostas a incluir no orçamento municipal de 2016.