Está aqui

Ministra do Trabalho e da Segurança Social

Ministra assina contratos PARES 3.0 em Évora e Beja

Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, vai participar nas sessões de assinatura de 13 contratos PARES 3.0 relativos aos distritos de Beja e Évora, que vão acontecer hoje, sexta-feira, em Moura e Évora.

De acordo com o jornal Região Sul, a agenda da governante tem início às 10:00, numa cerimónia de agradecimento a cerca de 70 entidades pelos serviços prestados no combate à pandemia Covid-19 à população do concelho de Moura, a propósito das comemorações do feriado municipal da cidade.

“Maior investimento de sempre” na área social celebrado no Alentejo

O primeiro contrato no âmbito do Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (PARES 3.0) foi assinado na passada terça-feira, em Almodôvar, pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Em declarações à Lusa, Ana Mendes Godinho afirmou que esta terceira geração do PARES 3.0 “é o maior investimento de sempre que há em equipamentos e em respostas sociais” em Portugal, num total de “228 milhões de euros para a requalificação ou criação de novas respostas sociais para o envelhecimento e para pessoas com deficiência”.

Ministras da Saúde e da Segurança Social em Mora para acompanhar vacinação

A Ministra da Saúde, Marta Temido, e a Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, vão estar, na manhã de hoje, quarta-feira, em Mora, para acompanhar a campanha de vacinação à covid-19, na Unidade de Cuidados Continuados de Mora.

De acordo com a Renascença, Mourão e Mora são os municípios portugueses com maior incidência cumulativa de infeção pelo novo coronavírus. Assim, as governantes vão poder avaliar as necessidades de intervenção e de apoio nos surtos com que se debate o concelho de Mora.

Évora incluída em projeto-piloto de subsídio para cuidadores informais

O Governo vai testar um novo subsídio para Cuidadores informais. Este projeto-piloto vai começar por ser testado em 30 concelhos e, de acordo com a ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, Évora é um dos concelhos selecionados, como indicou ao jornal Expresso.

Este projeto-piloto prevê a criação de um subsídio “acumulativo” aos já existentes, não se sabendo ainda o valor da prestação, nem o número de pessoas que serão abrangidas por esta medida.