Está aqui

Música

Nick Cave: Skeleton Tree

Numa era em que se pede tanto, uma coisa ninguém tem o direito de pedir: que se assista ao funeral de um filho e se sobreviva. Culpa máxima e ilimitada! Criar vida para a morte certa, do vazio da inexistência para o vazio pós-morte por um único caminho possível, assente nessa consciência.

Love - The Red Telephone

Love - The Red Telephone (Album: Forever Changes)

Os Love. Um vício a que aderi tardiamente, como de resto a fumar. Foi fácil deixar os cigarros... A culpa foi do tipo do costume, quem mos apresentou sem (no entanto) mos fazer ouvir, e de uma noite de intenso calor e mal dormida em Roma.

Harpe Fantaisie - "Six Pièces", de Jacques Ibert

Certo dia, em meses, há não mais de três e não menos de dois – digamos três, conheci um tipo numa ode aberta ao cinematógrafo que, do nada, me disse algo como isto num dos muitos, demasiados, intervalos: ‘Para ouvir harpa era capaz de atravessar três mundos!’

Marvão aposta em ser referência mundial para a Música, Artes e Ciência

Marvão será um paraíso para a Música, Artes e Ciência  logo assim que termine a instalação da futura Academia Internacional para a Música, Artes e Ciência de Marvão.

Esta academia irá nascer na Quinta dos Olhos d´Àgua - após a celebração de um protocolo com o ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas – e que permitirá que um edifício, desativado há vários anos, cuja finalidade era ser a sede do Parque Natural da Serra de São Mamede, seja requalificado e transformado numa casa de música, artes e ciência.

Milagres e questões essenciais

O milagre que afinal não o é assim tanto

Uma canção dos Pink Floyd perfeita sem a participação na composição de Syd Barrett? A resposta lógica à questão anterior terá sempre de ser: Não! Nem pensar!

Batalha de La Lys e 25 de Abril celebrados em Reguengos

“Raiva” faz parte das celebrações do 25 de Abril e do 101º aniversário da batalha de La Lys.

O filme do “alentejano” Sérgio Tréfaut será exibido a fechar o programa comemorativo, às 16h30, no auditório municipal, e contará com a presença do protagonista do filme o ator Hugo Bentes.

Comemorações do 25 de Abril começam a agitar as hostes

Há já vários municípios que divulgaram os artistas com os quais se procederá às celebrações do 25 de Abril.

Alentejo com Guitarras ao Alto

Vem aí a 5ª edição do festival “Guitarras ao Alto” e que será marcada por quatro concertos de Bruno Pernadas e Mário Delgado.

De 24 de maio a 1 de junho, a dupla nacional irá atuar em diferentes locais simbólicos do património arquitetónico do Alentejo, cumprindo vários objetivos do festival como reforçar a ligação entre o Alentejo, a música e a comunidade, focando o amor pela guitarra e à enogastronomia regional.

Os bilhetes já estão à venda – com um custo de 5€ por pessoa, por cada dia – e incluem a oferta de um copo de vinho Nunes Barata.

Ivete Sangalo vai estrear-se no Alentejo

Já está confirmado o primeiro nome forte da edição 2019 do Festival do Crato: Ivete Sangalo.

A artista brasileira vai assim fazer a sua estreia no Alentejo.

Este ano, o festival da vila do norte alentejano decorrerá de 27 a 31 de agosto e garante já um nome de peso para o cartaz 2019 prevendo-se já um grande espetáculo, cheio de energia e animação, ao melhor estilo da cantora baiana e onde não faltarão sucessos como ‘Sorte Grande’ ou ‘Na Base do Beijo’.

Aguardam-se novas confirmações.

 

Imagem de curtamais.com.br

O Disco Perdido – Era Uma Vez…

Pode parecer estranho para alguém nascido depois de 1990, mas houve uma época em que a música influenciava o comportamento de vastas franjas da sociedade. Se um determinado álbum influenciava futuros álbuns, isso não significava apenas que um determinado músico influía no trabalho de outros músicos, mas algo muito mais abrangente. Grupos mudavam de hábitos, criavam novas rotinas, e só então eram produzidos discos para reflectir as novas perspectivas. Mas, é claro, tal leva à seguinte proposição: antes da vida havia o disco, aquele disco específico, o disco primordial.

Páginas