Está aqui

Música

Há um projeto que apoia os músicos alentejanos

O projeto “AminhaCasaÉUmaPauta” surge pela associação “Lendias d'Encantar” de Beja, o Musibéria e a Direção Regional de Cultura (DRCAlentejo).

Tem como objetivo apoiar os músicos do Alentejo e minimizar os efeitos da pandemia e que tem deixado muitos artistas sem rendimentos e grandes dificuldades económicas, dado o cancelamento de muitas das atividades programadas.

Pedro Mestre e Chico Lobo tocam juntos este sábado

Um no Alentejo, outro do outro lado do Atlântico, no Brasil; Pedro Mestre, o senhor campaniça, e Chico Lobo, músico brasileiro mestre na viola caipira, dão este sábado um concerto em direto no instagram de Chico Lobo em https://www.instagram.com/violeirochicolobo/, perto das 21h portuguesas.

Em direto da cave do Jorge - hoje há concerto

Esta noite, há concerto - da Cave do Roque para o mundo

Este sábado, pelas 21h30, em direto da cave de Jorge Roque, haverá um concerto de 30/40min que serão partilhadas com os seus seguidores, primeiro no Instagram e mais tarde, provavelmente na sexta-feira, no facebook.

Músico alentejano promove o festival “Eu Fico em Casa”

O festival “Eu fico em casa” é o festival de música para quem não sai à rua e tem por base a vontade do artista alentejano Buba Espinho.

Serão cerca de uma centena de intérpretes, músicos e autores nacionais que, desde as suas casas, irão dar concertos individuais, com a duração máxima de 30 minutos.

Fafá de Belém em concerto em Estremoz

A diva da música brasileira Fafá de Belém tem agendada uma tourné nacional em conjunto com o fadista estremocence José Gonçalez e juntos, atuam em Estremoz a 4 de julho, no Parque de Feiras e Exposições daquela cidade alentejana.

A notícia é avançada hoje pelo diário Ardina do Alentejo, que refere que os músicos têm 12 espectáculos agendados por todo o país e também no Brasil, num projeto a que chamaram de "Cumplicidades" e que marca os 30 anos de carreira do fadista alentejano.

De Évora para a Tour de Madonna

De Évora para a Tour de Madonna; resumidamente, é este o percurso da jovem Jéssica Pina, natural de Alcácer do Sal, trompetista e licenciada em música - ramo de jazz - pela Universidade de Évora e que acompanha a ícone da pop mundial numa digressão.

Jéssica integrou o grupo de músicos que fazem parte do “MADAME X world tour” – com mais de 80 concertos nos maiores palcos internacionais - e que passou por Nova Iorque, Los Angeles, Chicago, Las Vegas, Boston, Filadélfia e Miami, nos Estados Unidos, por Lisboa e que passará ainda por Londres e Paris.

Era uma vez uns tipos comuns liderados por um tipo singular.

Enquanto banda que fez (conseguiu fazer) da longevidade uma forma de estar, alternaram entre o bom e o muito bom durante quase 20 anos. Mas, há sempre uma mas, e este é um mas que sabe maravilhosamente, houve um instante em que foram superlativos. Instante que equivale a um álbum: Different Class – corria ano de 1995, por essa razão um dos mais belos anos do senhor que está algures lá em cima. Não está, mas é como se estivesse.

E hoje o Alentejo volta a ter “Terras sem Sombra”

Será já esta noite, sábado, que o Alentejo terá o Festival Terras Sem Sombra de regresso.

O primeiro concerto desta nova temporada musical do premiado festival internacional alentejano terá lugar na igreja de São Cucufate, em Vila de Frades, Vidigueira, esta noite, pelas 21:30h.

Este programa será exclusivamente dedicado a Hildegarda de Bingen, e surgirá pela mão do   grupo coral Tiburtina Ensemble, de Praga, da República Checa e que é composto integralmente por cantoras.

A direção estará a cargo da soprano e harpista Barbora Kabátková.

Frankie Goes To Hollywood – Welcome to the Pleasuredome

Não foram os primeiros a fazê-lo, a misturar performance pop com as agruras da obra conceptual, mas nunca essa dimensão do espectáculo havia sido encenada em disco tão nos limites do gosto vigente e de forma tão, como dizer,… promíscua. Simbologia, claro está, de uma profunda rebeldia. Sistema anti-sistema de recolha e reciclagem (talvez, se nos é permitido ir por tal caminho, e agora pleno de pujança e actualidade e saudável exagero, possa ser visto como um equivalente do cinema de Tarantino na criação musical pop).  

Todos querem ver os Anjos em Aljustrel

Não cabe mais ninguém. Ainda faltam duas semanas para o concerto dos “Anjos”, em Aljustrel, e os bilhetes já estão esgotados.

Nesta iniciativa da autarquia, já não cabe mais ninguém no Cineteatro Oriental para ver em concerto os irmãos Sérgio e Nelson Rosado e que levarão a Aljustrel uma já longa carreira de sucessos e que promete animar todos os presentes.

 

Imagem de anjos.pt

Páginas