Está aqui

Linha Ferroviária

Alta velocidade entre Évora e Elvas irá transportar passageiros

O primeiro-ministro, António Costa, assumiu, pela primeira vez, que a nova linha ferroviária de alta velocidade entre Évora e Elvas vai servir para transportar passageiros, avança o Dinheiro Vivo.

O troço sobre carris está a ser construído ao abrigo do plano de investimentos Ferrovia 2020, mas até agora a ligação tem sido sobretudo assumida como uma ligação focada nas mercadorias. O tabu foi desfeito esta quinta-feira pelo líder do Governo português na conferência de imprensa após a 32.ª Cimeira Ibérica, em Trujillo.

Villa romana descoberta nas obras da ferrovia em Évora

Uma ‘villa’ romana, datada entre os séculos III e V, foi identificada perto de Évora, durante trabalhos arqueológicos nas obras de construção da nova ferrovia, levando a Infraestruturas de Portugal (IP) a alterar o projeto.

Fonte da empresa pública disse à Lusa que a IP “alterou o projeto no local” para que “a execução dos trabalhos necessários à construção do novo troço ferroviário não afete o sítio e respetivos contextos arqueológicos”.

A mesma fonte salientou que, com esta alteração, está garantida “a preservação do sítio em toda a sua extensão”.

IP lança concurso de 85 milhões para modernizar linha de Vendas Novas

A Infraestruturas de Portugal (IP) lançou o concurso público relativo à empreitada de modernização da linha ferroviária de Vendas Novas, num preço-base de 85 milhões de euros, avança a Lusa.

De acordo com a empresa, a linha ferroviária alvo do concurso “desenvolve-se ao longo de 69,375 quilómetros, entre Setil, onde cruza a Linha do Norte, e Vendas Novas, onde interseta a Linha do Alentejo”, atravessando os concelhos de Cartaxo, Salvaterra de Magos, Coruche, Montijo, Montemor-o-Novo e Vendas Novas.

Estações ferroviárias alentejanas ganham nova vida para turistas

O Governo vai alargar às estações e apeadeiros ferroviários o programa de requalificação de imóveis públicos para fins turísticos: o Revive. Numa primeira fase, há 30 locais já identificados, sobretudo no Alentejo.

Cimpor fornece cimento para a construção da linha entre Évora e Elvas

A Cimpor vai fornecer 135 mil toneladas de cimento para a execução de uma obra de 80 quilómetros que ligará Évora à Linha de Leste, junto a Elvas, num investimento de 500 milhões que deverá estar concluído no início de 2023. Esta será a maior extensão de caminho-de-ferro construída desde há mais de um século em Portugal.

De acordo com o Dinheiro Vivo, este cimento será utilizado na construção da plataforma ferroviária e de estações técnicas em passagens inferiores e superiores e em várias outras obras, como pontes e viadutos ferroviários.

Circulação de comboios em Beja vai ser reforçada, garante a CP

A CP garantiu esta semana ao Município de Beja que os problemas na linha ferroviária que a ligação Beja-Casa Branca vão começar a ser resolvidos no segundo trimestre do próximo ano, com o reforço de unidades circulantes, através da transferência de automotoras vindas do norte do país.

Nova linha ferroviária de Évora: Estudo ambiental "prefere" Ramal de Reguengos

A Ligação ferroviária entre Évora e Évora Norte - Variante de Évora, no âmbito do Corredor Internacional Sul, está desde ontem em consulta pública para avaliação do impacte ambiental.

O objetivo do estudo foi o de analisar as implicações ambientais (impactes) do projeto e identificar o corredor alternativo ambientalmente mais favorável à implantação futura do projeto, entre as 3 possibilidades em análise. 

PSD PROPÔS PARAGEM NO ALENTEJO DE COMBOIOS SINES/CAIA, ESQUERDA CHUMBOU

Ps, PCP, PEV e BE chumbaram ontem projecto de resolução do PSD que pedia paragem em três zonas Alentejo de comboios da futura ligação ferroviária de mercadorias Sines/Caia. Este projecto, há cerca de um ano a aguardar na Assembleia da República, obteve apenas o votos favoráveis de PSD, CDS e PAN.

O PSD propunha a paragem dos comboios em Évora, Vendas Novas e na Zona de Mármores, para que as empresas pudessem beneficiar deste transporte.

ÉVORA: NOVA LINHA FERROVIÁRIA "TEM DE SER SUBMETIDA À CONSULTA DA POPULAÇÃO"

A Infraestruturas de Portugal (IP) apresentou ao município de Évora três alternativas para a nova linha ferroviária Sines/Caia,  divergentes da proposta inicial que "cortaria" a cidade ao meio. A notícia foi avançada pela autarquia que acrescenta que nenhuma das propostas foi ainda aprovada. Segundo Carlos Pinto de Sá, todas as propostas afastam a linha da zona urbana eborense e carecem ainda de um estudo de impacte ambiental.

MINISTRO GARANTE LINHA ELVAS-CAIA AINDA ESTE MÊS

O ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, confirmou esta sexta-feira, 24 de março, durante a apresentação do primeiro comboio Alfa Pendular remodelado, o que o TRIBUNA ALENTEJO já tinha anunciado no final de fevereiro: o concurso para a ligação ferroviária entre Elvas e a fronteira espanhola vai ser lançado ainda neste mês.

Páginas