Está aqui

Linha Beja - Casa Branca

Eletrificação da linha do Alentejo custa no mínimo 68 milhões de euros

A IP – Infraestruturas de Portugal vai ao parlamento hoje, terça-feira, explicar quais os planos para modernizar o troço Casa Branca-Beja, cuja reabertura do troço até à Funcheira custa mais 77 milhões de euros, avança o Dinheiro Vivo.

Recorde-se que a gestora da rede ferroviária nacional tem um estudo de 2015 com os trabalhos necessários para o troço Casa Branca e Beja, cujo documento deverá servir de base para as explicações na comissão parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas, a pedido do PCP.

Beja espera que modernização da linha até Casa Branca esteja concluída em 2025

Na passada quarta-feira, a Câmara Municipal de Beja reuniu-se com a Infraestruturas de Portugal (IP), onde foi abordada a modernização da Linha do Alentejo entre Casa Branca e Beja. De acordo com a Rádio Pax, o município tem a expetativa que em 2025 este troço esteja eletrificado.

Note-se que esta foi a primeira reunião com a IP para a preparação do concurso público destinado ao desenvolvimento do estudo de viabilidade, assim como do estudo prévio e, consequentemente, do projeto de execução para a modernização do troço da Linha férrea entre Casa Branca e Beja.

Eletrificação da linha ferroviária Beja Casa Branca incluída no OE 2019

O PEV propôs e a bancada parlamentar do PS viabilizou. A proposta sobre a eletrificação da linha ferroviária entre Beja e Casa Branca foi ontem aprovada e passa a incluir o Orçamento do Estado de 2019.