Está aqui

Isabel Oneto

Hoje já se vota em Évora com Secretária de Estado a assistir

Esta tarde, em Évora, a Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Gabriela Oneto, irá assistir - na Escola Secundária André de Gouveia - a uma simulação de eleições e que irá testar o voto eletrónico, em estreia nacional no próximo fim de semana, aquando da realização das eleições para o Parlamento Europeu.

"Olhos postos em Évora" por causa do voto eletrónico nas eleições europeias

A Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, tem estado a apostar no projeto piloto do voto eletrónico no distrito de Évora e esteve, no passado dia 28 de fevereiro, em Viana do Alentejo, para preparar os últimos detalhes para o grande teste a 26 de maio, dia das eleições europeias.

Bengalinha Pinto, Presidente do Município de Viana do Alentejo, diz estar “satisfeito pelo distrito de Évora ter sido escolhido para este projeto inovador no país” e que os autarcas do distrito estão muito envolvidos na iniciativa.

Remodelações dos postos da GNR de Barrancos e Serpa começam no início do ano

Foram despachadas pela Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, as autorizações para avançar com as obras de beneficiação dos postos da Guarda Nacional Republicana (GNR) em Barrancos e Serpa, no Baixo Alentejo, num investimento total de cerca de um milhão de euros.

O Posto da GNR de Barrancos, que vai resultar da adaptação do antigo quartel dos bombeiros daquela vila, prevê um investimento de 287 500 euros, e o Posto Territorial de Serpa vai resultar da adaptação de uma antiga escola primária e prevê um investimento de 710 mil euros.

Voto eletrónico em Évora. Isabel Oneto reúne hoje com as Câmaras do distrito

A Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, reúne hoje com os representantes dos 13 municípios do distrito de Évora, no âmbito do projeto piloto do voto eletrónico presencial. A reunião tem como objetivo assegurar a articulação da metodologia a adotar com vista à implementação do projeto do voto eletrónico presencial em Évora.

Alentejo Central vai ter voto electrónico nas próximas eleições europeias

O voto eletrónico e os boletins em braile integram um projeto piloto que vai ser implementado no Alentejo Central nas próximas eleições europeias em maio de 2019. A solução foi apresentada por Isabel Oneto, Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, em reunião com os autarcas da região.

Isabel Oneto em périplo pelo Alentejo

A Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, vai estar hoje no Alentejo, num périplo que inclui a cidade de Évora, Viana do Alentejo e Alvito.

Em Évora Oneto preside à Cerimónia Comemorativa do 143º aniversário do Comando Distrital de Évora da  Polícia de Segurança Pública, a partir das 10h30.

Alvito cede escola para ter Posto da GNR

A Autarquia de Alvito, no Baixo Alentejo, vai receber esta quarta-feira a secretária de Estado Adjunta da Administração Interna, Isabel Oneto, para assinar um protocolo entre a autarquia e o governo, com vista à cedência de um edifício, a antiga escola do 1º ciclo de Alvito, para vir a ser transformada em Posto da GNR.

ISABEL ONETO EM PORTEL

A Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, preside hoje à Cerimónia Militar Comemorativa do Dia do Comando Territorial da GNR de Évora.

O evento decorre às 15h00, no Parque de Feiras e Exposições de Portel.

ISABEL ONETO GARANTE NOVO POSTO DA GNR EM AVIS

A Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, visitou esta semana o local de construção do novo Posto da GNR de Avis, em terreno municipal.

Antes da visita a Secretária de Estado reuniu com o executivo municipal, com o Comandante do Comando Territorial de Portalegre da GNR e o Comandante do Posto de Avis, nos Paços do Concelho e, segundo comunicado da autarquia, garantiu que a construção do equipamento das forças de segurança é para concretizar.

 

VIANA DO ALENTEJO VAI TER NOVO QUARTEL DA GNR

Viana do Alentejo, em Évora, bate-se há muitos anos por um novo quartel da GNR que não só garanta a segurança da população como ofereça melhores condições de trabalho aos militares. O município chegou a disponibilizar terrenos para a construção de um novo espaço para os militares, em alternativa ao atual e que não é mais do que uma casa de habitação alugada e com poucas condições de trabalho, após o abandono forçado do velho quartel.