Está aqui

IP - Infraestruturas de Portugal

Aberto concurso para requalificação do IC2 entre Rio Maior e Alcobaça

O concurso público para a requalificação do Itinerário Complementar (IC) 2, um investimento de 8,6 milhões de euros a realizar entre Alcobaça e Rio Maior, foi publicado esta segunda-feira, 19 de outubro, divulgou a Infraestruturas de Portugal (IP).

Esta empreitada vai incidir na requalificação do IC2/EN1 “entre o nó da Asseiceira, ao quilómetro 65,2, e a zona urbana de Freires ao quilómetro 85,5”, informou a Infraestruturas de Portugal, citada pelo Correio do Ribatejo.

Infraestruturas de Portugal arranca com obras nas estradas do Distrito de Évora

A Infraestruturas de Portugal (IP) vai iniciar, amanhã, terça-feira, obras de beneficiação do pavimento de várias estradas nacionais, no distrito de Évora e no concelho de Aljezur.

Em Évora, serão intervencionadas estradas nos concelhos de Mora (ER370, IC13 e EN 251), de Arraiolos (EN251), de Montemor-o-Novo (ER2), de Alandroal (ER255 e EN373) e de Reguengos de Monsaraz (ER255).

No Algarve, será beneficiada a EN120, no concelho de Aljezur.

Estações ferroviárias alentejanas ganham nova vida para turistas

O Governo vai alargar às estações e apeadeiros ferroviários o programa de requalificação de imóveis públicos para fins turísticos: o Revive. Numa primeira fase, há 30 locais já identificados, sobretudo no Alentejo.

Concessão rodoviária do Baixo Alentejo está à venda

Foi colocada à venda a concessão rodoviária do Baixo Alentejo, uma operação que conta com a assessoria financeira do banco BBVA.

Os atuais acionistas a SPER – uma empresa da Iridium que é participada pelo megagrupo espanhol ACS, de Florentino Pérez (presidente do Real Madrid) e a Elevo (um fundo que reúne antigas construtoras nacionais falidas no período da troika) já comunicaram a intenção à IP – Infraestruturas de Portugal, como avança o “Jornal Económico”.

ESTADO LEILOA PALACETE EM ÉVORA

O Estado, através da IP - Infraestruturas de Portugal,  coloca a leilão hoje o Palacete Cicioso, em Évora, por um valor de base de 581 mil euros.

MEIO MILHÃO PARA LINHA DO ALENTEJO

A IP - Infraestruturas de Portugal - entidade que gere a rede ferroviária nacional - investiu 550 mil euros para melhorar as condições de circulação e segurança na linha ferroviária do Alentejo, tendo substituído as travessas de madeira por travessas de betão, nas estações de Vila Nova da Baronia e de Cuba.