Está aqui

IP - Infraestruturas de Portugal

IP quer retomar construção da Variante Nascente em Évora

A Infraestruturas de Portugal (IP) lançou um concurso público para a elaboração do projeto de execução da Variante Nascente de Évora do Itinerário Principal (IP) 2, para retomar uma obra suspensa há cerca de 10 anos, avança a agência Lusa.

A empresa refere, em comunicado, que o concurso para a elaboração deste projeto, com um preço base de 750 mil euros, foi publicado no passado dia 31 de maio em Diário da República (DR), encontrando-se em fase de receção de propostas.

Évora e Beja voltam a ter comboio direto após 11 anos

A CP – Comboios de Portugal vai repor, a partir de dia 13 de junho, a ligação ferroviária entre Beja e Évora, depois de 11 anos de ausência, avança o Dinheiro Vivo.

De acordo com, a transportadora, o Intercidades fará três circulações por dia por sentido e irá demorar pelo menos uma hora e 13 minutos para percorrer 89,6 quilómetros. Cuba, Alvito, Vila Nova da Baronia, Alcáçovas e Casa Branca são as cinco estações e apeadeiros por onde vai passar o comboio.

Eletrificação da linha do Alentejo custa no mínimo 68 milhões de euros

A IP – Infraestruturas de Portugal vai ao parlamento hoje, terça-feira, explicar quais os planos para modernizar o troço Casa Branca-Beja, cuja reabertura do troço até à Funcheira custa mais 77 milhões de euros, avança o Dinheiro Vivo.

Recorde-se que a gestora da rede ferroviária nacional tem um estudo de 2015 com os trabalhos necessários para o troço Casa Branca e Beja, cujo documento deverá servir de base para as explicações na comissão parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas, a pedido do PCP.

Projetos ferroviários de 700 milhões prometem ligar Sines a Espanha

Um conjunto de intervenções ferroviárias entre Sines e a fronteira com Espanha está em obra ou em desenvolvimento, num global de 700 milhões de euros, revelou Carlos Fernandes, vice-presidente da Infraestruturas de Portugal (IP).

O responsável falava aos jornalistas numa cerimónia que decorreu em Alandroal, num dos troços em construção do Corredor Internacional Sul, onde também esteve presente o primeiro-ministro, António Costa.

Governo investe 500 milhões em obras rodoviárias no Alentejo e todo o país

O primeiro-ministro apresentou um conjunto de “pequenas grandes obras” rodoviárias no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), defendendo que o investimento de 500 milhões de euros “terá um impacto profundo económico, porque dinamizará pequenas e médias empresas e gerará emprego disseminado” no território nacional.

De acordo com a Lusa, António Costa assumiu esta posição no final da sessão de apresentação do programa de investimentos em infraestruturas no âmbito do PRR, que decorreu na sede das Infraestruturas de Portugal, no Pragal, no concelho de Almada.

Vila Viçosa garante que desvio na EN255 ficará resolvido em duas semanas

A Câmara de Vila Viçosa revelou que a interdição do trânsito a veículos pesados na Estrada Nacional (EN) 255 no concelho, que tem sido motivo de protesto, está em “vias de resolução”.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o município indicou que “o condicionamento do trânsito a veículos pesados ao quilómetro 10+800 da EN255”, entre Vila Viçosa e Pardais, está “em vias de resolução”, tendo em conta “o recurso que foi encontrado”.

Ligação do aeroporto de Beja à linha ferroviária do Alentejo em estudo

A IP – Infraestruturas de Portugal autorizou a contratação de estudos e de projetos para uma ligação do aeroporto de Beja à linha ferroviária do Alentejo, segundo um despacho publicado em Diário da República, avança o Diário de Notícias.

O investimento ronda os 100 milhões de euros está previsto no Plano Nacional de Investimentos (PNI 2030).

Paulo Arsénio, presidente da Câmara Municipal de Beja, disse ao Dinheiro Vivo que “este desvio pode conferir capacidade acrescida ao aeroporto”, estando em causa uma viagem de comboio até Lisboa de cerca de 1 hora e 30 minutos.

Linha do Leste entre Elvas e Campo Maior vai ser requalificada

O anúncio do concurso público para a execução da empreitada de requalificação da Linha do Leste, entre Elvas e Campo Maior (Portalegre), já foi publicado, avança o Jornal Económico.

A Infraestruturas de Portugal (IP) explica que o concurso público para esta obra foi publicado em Diário da República no dia 16 de dezembro e que a empreitada abrange trabalhos ao longo de “cerca de 14,6 quilómetros”.

Beja espera que modernização da linha até Casa Branca esteja concluída em 2025

Na passada quarta-feira, a Câmara Municipal de Beja reuniu-se com a Infraestruturas de Portugal (IP), onde foi abordada a modernização da Linha do Alentejo entre Casa Branca e Beja. De acordo com a Rádio Pax, o município tem a expetativa que em 2025 este troço esteja eletrificado.

Note-se que esta foi a primeira reunião com a IP para a preparação do concurso público destinado ao desenvolvimento do estudo de viabilidade, assim como do estudo prévio e, consequentemente, do projeto de execução para a modernização do troço da Linha férrea entre Casa Branca e Beja.

IP lança concurso de 85 milhões para modernizar linha de Vendas Novas

A Infraestruturas de Portugal (IP) lançou o concurso público relativo à empreitada de modernização da linha ferroviária de Vendas Novas, num preço-base de 85 milhões de euros, avança a Lusa.

De acordo com a empresa, a linha ferroviária alvo do concurso “desenvolve-se ao longo de 69,375 quilómetros, entre Setil, onde cruza a Linha do Norte, e Vendas Novas, onde interseta a Linha do Alentejo”, atravessando os concelhos de Cartaxo, Salvaterra de Magos, Coruche, Montijo, Montemor-o-Novo e Vendas Novas.

Páginas