Está aqui

Humor

Humor? Eu até gosto

Várias são as caracterizações feitas ao conceito de humor. “É um “tubo de escape” para muitos; uma maneira distorcida de se narrar a realidade e que serve de refúgio a uma vida mal-aproveitada”. Algumas almas assim o ditam. Porventura, tal quantidade de designações resulte de um proporcional número de questões que rodeiam o conceito, tais como: será que o humor tem limites? Ou, haverá temas intocáveis pelo humor, e deste modo, a ele censuráveis?

Portel estreia espectáculo invulgar

“Porque não rirmos do que a vida tem de mais invulgar para nos oferecer?” é o mote e será ao serão que, em Portel, a arte, o humor e os petiscos se vão juntar, entre 30 de maio e 3 de junho.

Com entrada gratuita, os “Serões dos Claustros” vão abrir portas ao improviso e à descoberta de novos sons, novas representações e interpretações.

Nos Claustros da Cerca de S. Paulo, em Portel, performances de música, dança, teatro, fotografia, artes plásticas, comédia ou artes de rua, prometem um bom espetáculo.

COMUNICAR COM HUMOR

Comunicar com humor é o que leva o Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) a promover, já no dia 30, um “workshop” sob esta temática. Para a ministrar, nada mais, nada menos que o apresentador de televisão e comediante Luís Filipe Borges.