Está aqui

Guerra na Ucrânia

Beja acolhe 30 famílias refugiadas da Ucrânia

Cerca de 30 famílias refugiadas da Ucrânia vão ser acolhidas na cidade de Beja, ao abrigo do programa “Porta de Entrada” e com o apoio de várias instituições.

Em declarações à agência Lusa, Paulo Arsénio, presidente da Câmara Municipal de Beja, revelou que se trata de “um grupo de refugiados provenientes da Ucrânia e composto por cerca de 30 famílias, constituídas sobretudo por mulheres e crianças”.

Ovibeja vai doar 1% da receita de bilheteira à Ucrânia

A comissão organizadora da Ovibeja revelou que irá doar 1% da receita total de bilheteira da edição deste ano da feira a favor da Ucrânia.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, a ACOS – Associação de Agricultores do Sul refere que a comissão organizadora, “solidária com a Ucrânia, decidiu disponibilizar 1% da receita total” de bilheteira “a favor deste país”, através da embaixada ucraniana em Portugal.

Cáritas de Beja promove concerto solidário para ajudar Ucrânia

A Cáritas Diocesana de Beja está a promover o concerto solidário “Cáritas Ajuda Ucrânia”, que se irá realizar no próximo dia 30 de março, pelas 21:00, no Teatro Municipal Pax Julia.

Em comunicado, citado pela Renascença, a instituição refere que a Cáritas bejense participa “de forma empenhada com a realização de angariação de fundos”, através de um concerto solidário, cuja ideia “surgiu de alguns artistas bejenses”.

Assim, participam no concerto, de forma voluntária, artistas da música, da narração, da poesia e das artes plásticas.