Está aqui

Gastronomia Alentejana

Moura dedica fim de semana gastronómico ao peixe do rio

No próximo fim de semana, 09 e 10 de julho, estão de regresso os fins de semana gastronómicos ao concelho de Moura.

Sabores do Rio é o mote para mais uma edição desta iniciativa, que pretende dinamizar, ao longo de 2022, a economia local.

Os restaurantes que participam nos fins de semana gastronómicos estarão devidamente identificados nos materiais promocionais, bem como com o selo “Moura Terra Mãe do Azeite do Alentejo” e terão nas suas ementas, pelo menos, dois pratos alusivos à temática.

Borrego é a primeira estrela dos fins de semana gastronómicos de Moura

Ensopado de borrego com pão frito, borrego no tacho, borrego assado ou costeletas de borrego, são algumas das inúmeras riquezas gastronómicas alentejanas que vão estar em destaque nos fins de semana gastronómicos de Moura, no Baixo Alentejo.

O primeiro deles será o Fim de Semana Gastronómico do Borrego, que acontece nos dias 16 e 17 de abril, nos restaurantes aderentes do concelho.

Vinhos e Páscoa do Alto Alentejo no programa “Boa Cama Boa Mesa”

O programa “Boa Cama Boa Mesa” irá partir à descoberta do Alto Alentejo, com início no Parque Natural da Serra de São Mamede, passagem por Marvão e paragem em Portalegre para conhecer algumas tradições gastronómicas de Páscoa.

A estreia está marcada para este sábado, dia 27 de março, na SIC Notícias (11h40; domingo, 8h40) e com repetições ao longo da semana também na SIC Mulher, SIC Radical e SIC Internacional.

O tomate é o protagonista, este fim de semana, em Vendas Novas

O Fim de Semana Gastronómico do Tomate vai realizar-se de 5 a 7 de setembro em 18 restaurantes de Vendas Novas. A iniciativa é organizada pelo município, com o objetivo de mostrar o melhor da gastronomia local, mas essencialmente apoiar um dos setores mais afetados pela pandemia nos últimos meses.

Após os Fins de Semana Gastronómicos de julho, dedicados ao arroz, ao porco e ao peixe, a autarquia lançou agora o desafio à restauração local para se dedicar ao tomate.

Fim de semana Gastronómico em Vendas Novas dedicado à carne de porco

Entre 18 e 19 de julho, Vendas Novas organiza um Fim de semana Gastronómico dedicado à carne de porco.

A iniciativa conta com a participação de vários restaurantes, incumbidos de apresentar um prato da sua ementa relacionado com a temática. Assim, e sabendo que o porco é uma das bases da cozinha alentejana, o município garante que “não irão faltar no cardápio pratos tão típicos como as Burras com Migas de Espargos, Grão com Chispe, Tábua de Porco Preto Grelhado, Carne do Alguidar com Batatas de Rebolão, Pezinhos de Coentrada ou, a incontornável, Carne de Porco à Alentejana”.

Origens da gastronomia alentejana, a influência árabe na açorda

“A cozinha mais admirável é aquela capaz de conseguir um prato suculento e harmonioso utilizando somente um conjunto díspar de humildes alimentos”.

Jacinto Garcia (1999)

Vamos à boa da sopa a Montemor-o-Novo?

Nada vai tão bem com este frio invernoso do que uma boa sopa. E são dezenas as propostas de sopas alentejanas que a 16ª edição do Festival das Sopas de Montemor-o-Novo propõe entre 8 e 10 de novembro, no Pavilhão de Exposições daquela cidade alentejana, como a Sopa de peixe, a Canja de Galinha, a Sopa da Horta, o Caldo Verde, a Sopa de Feijão com Couve e a Sopa de Tomate, entre muitas outras. Difícil é escolher.

Universidade de Évora quer saber que percepção temos da cozinha alentejana

A Universidade de Évora está a trabalhar num estudo, o Sabor Sur, que pretende avaliar a percepção que temos da gastronomia alentejana com o intuito de conhecer a fundo a tradição da cozinha alentejana e de que forma os pratos que fazem parte do nosso imaginário são realmente tradicionais do Alentejo.

Com poucos recursos como o pão, o alho, as ervas, algumas carnes e peixes, mas extremamente engenhosa a gastronomia alentejana, cuja a origem é sobretudo rural, chegou aos nosso dias ganhando o estatuto de cozinha superior e cuja genuinidade deve ser preservada.

HOJE VÃO ESPARGOS VERDES COM OVOS

Se ainda não decidiu o que vai almoçar e nem tem muito tempo para isso, sugerimos uns espargos verdes com ovos. Corte as partes duras de um molho de espargos verdes e pique o resto do espargo muito bem picado. Depois coloque os espargos picados em água e sal até que levante fervura. Retire e reserve. Numa sertã salteie 3 ou 4 cabeças de alho, uma folha de louro, um raminho de coentros e depois junte-lhes os espargos. De seguida bata 4 ovos com sal e pimenta preta. Envolva os espargos com o ovo até que este como se fosse ovo mexido.

TODOS APRECIAM UMA SOPA DE BELDROEGAS

Os amigos merecem um agrado, todos nós merecemos uma pausa e qualquer alentejano aprecia uma típica sopa de beldroegas. Estas são como as amizades, não há horta que não preserve o seu cultivo. Por isso, mãos à obra, quatro pratos na mesa e muito apetite.

Sugerimos que junte 2 molhos de beldroegas, 2 cebolas, cerca de 500 g de batatas e aproximadamente 1,5 dl de azeite. Junte à lista 1 cabeça de alho, meio quilo de pão caseiro, do dia anterior, 4 ovos e, por fim, 2 queijinhos frescos.

Páginas