Está aqui

Financiamento

Governo assina hoje contrato de financiamento para barragem do Pisão

O Governo vai assinar hoje, sexta-feira, o contrato de financiamento com a Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA) para a construção da barragem do Pisão, no concelho de Crato, em Portalegre, no valor de 120 milhões de euros.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, a CIMAA revelou que, a partir das 10:30 de sexta-feira, no concelho de Crato, decorre a sessão oficial de lançamento do projeto e assinatura do respetivo contrato de financiamento, que engloba os 120 milhões de investimento já inscritos no Programa de Recuperação e Resiliência (PRR).

Programa Bairros Saudáveis sofre “impasse” no financiamento

O Programa Bairros Saudáveis registou “um impasse” no financiamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), que atrasou o início dos 246 projetos aprovados, exigindo-se a prorrogação do prazo até final de 2022.

Em declarações à agência Lusa, Helena Roseta, coordenadora do projeto, afirmou que “tivemos um impasse no programa, tivemos que suspender, porque não se conseguia resolver o impasse, porque não conseguíamos assinar o protocolo com a Estrutura de Missão do PRR”.

Hidrogénio verde em Sines espera acordo sobre financiamento até agosto

O projeto-piloto que tem como objetivo a produção de hidrogénio verde em Sines recebeu uma primeira autorização de Bruxelas para avançar. Agora, é esperar que o consórcio H2 Sines chegue a acordo com a Comissão Europeia em relação ao financiamento para este projeto, adianta o Jornal Económico.

Programa Bairros Saudáveis financia 27 projetos no Alentejo

O Programa Bairros Saudáveis vai financiar 246 projetos, dos quais 69 em territórios do interior e 27 no Alentejo, o que “praticamente esgota” a dotação disponível de 10 milhões de euros, anuncia a Lusa.

Évora defende financiamento para cluster na saúde no Alentejo

A Câmara Municipal de Évora defendeu hoje que o apoio e financiamento de um “cluster” na área da Saúde para o Alentejo deveria constar do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), cuja consulta pública terminou ontem, 1 de março.

Segundo a Lusa, a autarquia afirmou que “é nosso parecer que a atual proposta de PRR não responde às necessidades essenciais de Évora, do Alentejo e do país para combater a crise social e económica, alavancar a retoma e apontar novos caminhos de desenvolvimento que a pandemia evidenciou. É, portanto, fundamental alterar o PRR”.

Ourique avança com obras de requalificação da mata e do miradouro

Neste mês de julho, a Câmara Municipal de Ourique vai avançar com as obras de requalificação da mata e do miradouro da vila, num investimento avaliado em cerca de 350 mil euros e com um financiamento comunitário aprovado de mais de 160 mil euros.

Em declarações ao Correio Alentejo, Marcelo Guerreiro, presidente da autarquia, refere que “a intervenção no miradouro consiste na sua requalificação e valorização patrimonial, devolvendo-lhe toda a dignidade enquanto ex-libris de Ourique e tornando-o num espaço de disfruta para os ouriquense e visitantes”.

Europa anuncia 280 milhões de euros para o regadio alentejano

Foi anunciada em Lisboa, pelo Banco Europeu de Investimento (BEI) e o Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa (CEB) o financiamento europeu de 280 milhões de euros para a modernização e ampliação das infraestruturas de regadio, essencialmente na região do Alentejo e que é servida pelo sistema de rega do Alqueva.

O BEI contribui com um empréstimo de 200 milhões de euros e o CEB com 80 e o objetivo é fomentar o desenvolvimento económico nas zonas rurais, aumentando a resiliência aos efeitos das alterações climáticas.

 

Imagem de exitosanoticias.pe

 

ODEMIRA ESTÁ A FINANCIAR EMPREENDEDORES

Vão ser entregues os primeiros "cheques empreendedores", amanhã, dia 10 de maio, referentes aos apoios financeiros do Município de Odemira a sete empresários. No âmbito do Programa “Odemira Empreende - Programa Municipal de Empreendedorismo e Emprego”.

SOL CAPTA INVESTIMENTO NO ALENTEJO

Ainda está em fase de apreciação, mas deu entrada no Banco Europeu de Investimento, a 18 de abril, um pedido de financiamento 50 milhões de euros para a construção de duas centrais de energia solar no Alentejo. O investimento total do projeto é de 100 milhões de euros.