Está aqui

Fialho de Almeida

Cuba inaugura hoje museu dedicado ao filho da terra Fialho de Almeida

O Museu Literário “Casa Fialho de Almeida” abre as portas ao público, pela primeira vez, hoje, 10 de junho.

Localizada bem no centro da vila de Cuba, a casa que no final do século XIX foi a residência de Fialho de Almeida vai abrir portas ao público, no próximo dia 10 de junho, como Museu Literário dedicado à vida e obra do autor.

Cuba honra filho da terra que levou o drama do Alentejo à literatura

O Museu Literário “Casa Fialho de Almeida” abre as portas ao público, pela primeira vez, na próxima segunda-feira, 10 de junho.

Localizada bem no centro da vila de Cuba, a casa que no final do século XIX foi a residência de Fialho de Almeida vai abrir portas ao público, no próximo dia 10 de junho, como Museu Literário dedicado à vida e obra do autor.

O ESCRITOR QUE LEVOU O DRAMA DO ALENTEJO À LITERATURA

Fialho de Almeida, o médico alentejano que nunca exerceu, nascido a 7 de maio de 1857, em Vila de Frades na Vidigueira, dedicou a sua vida ao jornalismo e à escrita e foi o primeiro escritor a fazer entrar na literatura o Alentejo e o seu drama.