Está aqui

Festival Internacional de Música de Marvão

Presidente da República, este domingo, em Marvão

Marcelo Rebelo de Sousa vai regressar ao norte-alentejano, domingo, para assistir à 6ª edição do Festival Internacional de Música do Marvão (FIMM).

O evento tem início na próxima sexta, e conta com a presença da Ministra da Cultura, Graça Fonseca, e vai animar a vila alentejana com muita música e arte, tendo um programa com com mais de 40 concertos, com músicos de muitas nacionalidades, ao longo de dez dias.

Ao longo de 10 dias de festival, em destaque nesta edição está a estreia do Coro do Festival de Marvão, para uma performance de “Carmina Burana”.

Música clássica e cozinha alentejana fundidas em Monforte

O autor da peça considera que a arte está sempre interligada e, neste caso, a música clássica e a cozinha alentejana são o mote que irá unir as criações do chefe alemão Thorsten Gillert.

Projeto da Academia Internacional de Marvão vence 250 mil euros do Orçamento Participativo

O projecto da Academia Internacional de Marvão para a Música, Artes e Ciências acaba de ser anunciado como um dos vencedores do Orçamento Participativo Portugal 2018.

O projeto foi desenhado "no espírito do Festival Internacional de Música de Marvão (FIMM), que confirma o potencial de Marvão, Castelo de Vide e Portalegre para acolher concertos de música clássica pela natural apetência dos seus seculares espaços patrimoniais.

Marvão quer bater recordes

A decorrer pelo quinto ano consecutivo, o Festival Internacional de Música de Marvão vai realizar-se de 20 a 29 de julho e vai bater recordes.

A começar há um recorde de artistas portugueses participantes e que se misturam com os mais de 300 artistas de mais de 20 nacionalidades e depois há a expetativa de alcançar novo recorde com a receção de mais de 8 mil visitantes nesta edição.

MARVÃO PREPARA O FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÚSICA

Numa terra marcada pela magia e misticismo de várias culturas – celtas, romanos, entre outros – de 21 a 30 de julho será a magia da música a tomar conta desta localidade norte-alentejana.

O programa da quarta edição do Festival Internacional de Música de Marvão já é público e irá decorrer novamente sob a direção artística do maestro Christoph Poppen, o programa é vasto e variado e contempla a criação de uma “Orquestra do Festival”, que será formada pelos músicos e jovens músicos que se inscreveram para tal, culminando num concerto no dia 28.

MARVÃO RECEBE IV FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÚSICA

Decorre num cenário extraordinário, no ponto mais alto de Portugal a sul do Tejo, um festival também ele extraordinário, por trazer ao interior do país uma classe superior de artistas clássicos e que nasceu em 2014 de muitas vontades, mobilizadas por um maestro alemão de renome internacional. Falamos de Christoph Poppen e Festival Internacional de Música de Marvão, no Alto Alentejo.

 

Cooperação entre os povos e qualidade.

A CULTURA: A UM PÍXEL DO PROGRESSO

Esta crónica poderia ter como título: A Cultura, a um píxel do progresso ou a necessidade de uma nova vaga arejada e permanente para o avanço das políticas culturais. Neste particular, a campanha “Vamos por o Sequeira no lugar certo” foi uma agradável surpresa de envolvimento da cidadania nas políticas culturais, mobilizou o país em torno de um objetivo comum – a aquisição de um píxel para colocar o quadro de Domingos Sequeira, da série Palmela, no Museu Nacional de Arte Antiga.

MARVÃO É O CENTRO DO MUNDO COM 30 CONCERTOS

A partir de 22 de julho, Marvão torna-se o centro do mundo e do Alentejo, com o Festival Internacional de Música de Marvão, que começa a 22 de julho, com 30 concertos que reúnem em cartaz a música clássica, música popular portuguesa e a música étnica. Ao longo de dez dias, até ao dia 31, vão passar pelo festival músicos de nove países, entre os quais os melhores solistas de música clássica do mundo.

ESTÁ AÍ O 3º FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÚSICA DE MARVÃO

O renomeado maestro alemão Christoph Poppen, sonhou este festival e o sonho tornou-se real julho de 2014. A casa do festival é Marvão (Portalegre), o ponto mais alto de Portugal a sul do Tejo e uma das mais belas terras nacionais.  

Noites estreladas, num castelo com uma vista deslumbrante e com o Parque Natural da Serra de São Mamede em pano de fundo, muita alegria e muita música são motes suficientes para o convencer a assistir ao 3º Festival Internacional de Música de Marvão.