Está aqui

fado

Beja acolhe festival multicultural que junta fado e flamenco

O Festival multicultural Terra Mágica vai decorrer em Beja, entre 2 e 4 de junho, unindo vários géneros musicais, do fado ao flamenco.

De acordo com o Jornal de Notícias, o fadista português Ricardo Ribeiro e o músico espanhol Duquende, nome grande do flamenco, vão abrir a primeira edição do Festival Terra Mágica – Al-Mutamid, O Primeiro Alentejano.

Fado integra programação dos 100 anos do teatro de Estremoz

As comemorações do centenário do Teatro Bernardim Ribeiro, em Estremoz, vão contemplar diversos espetáculos de fado, que culminam com a atuação do fadista Camané.

De acordo com a Câmara Municipal de Estremoz, citada pela agência Lusa, o Teatro Bernardim Ribeiro é propriedade do município e um dos ex-libris da cidade alentejana, razões que levaram a autarquia a preparar uma “programação especial”, a decorrer ao longo de 2022, para assinalar os 100 anos da principal sala de espetáculos do concelho.

Ponte de Sor recebe mais uma edição do Festfado Alto Alentejo

A 6.ª edição do Festfado Alto Alentejo vai realizar-se no próximo dia 26 de março no Teatro-Cinema de Ponte de Sor.

De acordo com o jornal Mais Ribatejo, o evento irá ter como anfitriã a fadista Dora Maria e juntará nomes do fado como Pedro Moutinho, Célia Leiria, Fado Marialva, Rita Ribeiro, Emanuel Moura e Anabela, que irão levar o fado até Ponte de Sor, em várias galas mensais, até ao mês de outubro.

Fado e Cante Alentejano à mesa da Cozinha dos Ganhões em Estremoz

A Cozinha dos Ganhões em Estremoz é uma marca inevitável na agenda dos fãs da gastronómica alentejana e a edição 2021 surge com “pratos especiais” e conta com a animação dos alentejanos Buba Espinho, Luis Espinho e Luis Trigacheiro - acompanhados pela guitarra portuguesa do também alentejano, Bruno Chaveiro - que protagonizarão o projeto Portugalex - Fado e Cante Alentejano e que sobe ao palco, em Estremoz, dia 4 de dezembro, no Parque de Feiras e Exposições de Estremoz.

Fadista Duarte com espetáculos em Marvão e Beja

O fadista Duarte, que no último mês de março editou o álbum “No Lugar Dela”, tem previstos dois espetáculos no Alentejo até 6 de agosto, anunciou a agência Lusa.

No próximo dia 24, estará nos Jardins do Castelo, em Marvão, no distrito de Portalegre, para o Festival Internacional de Música de Marvão, e no dia 6 de agosto atuará na Praça de Touros de Beja.

Nestes espetáculos o fadista natural de Évora é acompanhado pelos músicos Pedro Amendoeira, na guitarra portuguesa, João Filipe, na viola, e Carlos Menezes, no baixo.

O Cante e o Fado descem ao Algarve

O trio de alentejanos composto Buba Espinho, Luís Espinho e Luís Trigacheiro, o grande vencedor do “The Voice Portugal” vão descer ao Algarve e vão levar o Cante e o Fado a Portimão, a 9 de junho.

No TEMPO - Teatro Municipal de Portimão, e acompanhados à guitarra portuguesa por Bruno Chaveiro, esta é uma iniciativa que junta  dois Patrimónios Imaterial da Humanidade, num espetáculo que será repetido noutros locais, por todo o país.

Os vinhos de Portugal querem um milhão de pessoas para brindar a 2021

A ViniPortugal - a associação interprofissional para a promoção dos Vinhos de Portugal - quer reunir, amanhã, um milhão de pessoas para brindar a 2021, tudo isto ao som da fadista Gisela João.

Esta foi a forma encontrada para homenagear a resiliência, esforço e capacidade de superação e reinvenção dos produtores nacionais, pela indústria mundial do vinho e para celebrar a união e o sucesso para o Ano Novo.

Beja reúne fotografias de artistas para celebrar o fado e o cante alentejano

O município de Beja, com o objetivo de celebrar o fado e o cante alentejano que foram elevados a Património Cultural e Imaterial da Humanidade pela UNESCO, vai dedicar uma exposição fotográfica intitulada “Beja – Terra Sonora”, que estará em exposição até 15 de janeiro de 2021, no Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial.

Salvaterra de Magos aposta em música, exposições, arte e lançamento de livros

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos está a organizar, para os dias 11, 12 e 13 de setembro, a 7.ª edição das Jornadas de Cultura, pretendendo "dar a conhecer a história e a identidade do concelho através da dinamização de um vasto conjunto de atividades de índole cultural".

Há 100 anos nascia a maior voz do Fado, que amava o Alentejo

Amália Rodrigues, nascida oficialmente no dia 23 de Julho de 1920, foi uma cantora, actriz e fadista portuguesa, aclamada como a voz de Portugal e uma das mais brilhantes cantoras do século XX. Faleceu a 6 de outubro de 1999 e está sepultada no Panteão Nacional.

O concelho de Odemira não esquece a o nome maior do Fado português, Amália Rodrigues, e mantém viva a memória da fadista que tinha no concelho a sua residência de férias e onde existe até uma praia com o seu nome.

Páginas