Está aqui

Exposição

DAS MÃOS DOS MAIAS NASCE PATRIMÓNIO MUNDIAL

Das mãos da família Maia têm saído centenas de exemplares de um dos mais recentes Patrimónios Mundiais Imateriais da Humanidade.

A arte chocalheira está na família há gerações e dá agora origem à exposição “Gerações de um mesmo ofício: Família Maia”, inaugurada na passada semana, e patente até 29 de outubro, no castelo de Viana do Alentejo.

A organização é da Câmara Municipal de Viana do Alentejo e conta com o apoio das Juntas de Freguesia de Alcáçovas e de Viana do Alentejo e da Direção Regional de Cultura do Alentejo.

 

Imagem de hiddeneurope-magazine.eu

MUSEU DE ÉVORA RECOMENDA “VIR VER”

Será inaugurada hoje, sábado, dia 30 de setembro, pelas 17 horas, no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, em Évora, a exposição "VIR VER".

“Vir Ver” reúne obras de Elsa Gonçalves, Helena Calvet, Mariana Fernandes, Pedro Fazenda e Susana Pires, cinco artistas contemporâneos a curadoria é de Mariana Mata Passos.

A esta exposição é um convite a ver, a sentir e manipular objetos de arte contemporânea pensados em diálogo com a coleção do Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo.

 

ARTISTA MARROQUINO EXPÕE EM ODEMIRA

No âmbito da 25ª edição do Festival Sete Sóis, Sete Luas, na Biblioteca Municipal José Saramago, em Odemira - a partir do próximo dia 30 de setembro e até 24 de outubro - estará patente a exposição de pintura “Regards”, do artista marroquino Abdelkarim Elazhar.

Abdelkarim Elazhar, natural de Azemmour - curiosamente uma antiga cidade portuguesa - em Marrocos, fez a sua a formação superior artística na vertente de gravura na Escola de Belas Artes de Tetouan, Bruxelas e Liège.

A sua arte é expressa num minimalismo de formas e cores e efeitos desbotados.

ÉVORA VAI EXPOR HERANÇAS CHINESAS ÚNICAS

Fruto de uma parceria do Observatório da China - Associação para a Investigação Multidisciplinar em Estudos Chineses, com o Museu de Guangzhou, na China, da Direção Regional de Cultura do Alentejo e da Câmara de Évora irá trazer par ao Alentejo a exposição "Cantão e a Rota Marítima da Seda" e que mostrará peças originais chinesas.

ÉVORA PODE VER MAIS “ALÉM”

Évora pode agora ver mais “além” e pelos olhos dos fotógrafos Fábio Miguel Roque e Nick Tauro Jr., autores da exposição “Além|Beyond”.

Patente no Palácio de D. Manuel, em Évora – a partir de hoje e até final do mês – esta exposição retrata 24 horas de viagem destes dois artistas, que em 2016 fotografaram paisagens ao longo de 1.110 quilómetros, um no Alentejo, o outro no deserto norte-americano, afiançando os artistas que existem muitas semelhanças na estética do trabalho de ambos.

 

Imagem de cm-evora.pt

OLIVEIRAS ALENTEJANAS INSPIRAM ARTISTA CANADIANA

Renée Gagnon é uma artista canadiana que reside em Portugal desde 1970.

Num fim de semana que passou em Monsaraz, ficou fascinada pelas oliveiras alentejanas. Daí para a frente dedicou-se à fotografia de oliveiras e, quatro anos depois, com fotografias de oliveiras de Portugal, Espanha e Itália, surge a exposição.

"Now and Ever" – composta por 15 fotos - está patente na Fundação Portuguesa das Comunicações, em Lisboa, até 30 de setembro.

“A NATUREZA E A MULHER” NA CCDR ALENTEJO

“A Natureza e a  Mulher” é o nome da exposição de Pintura e Cerâmica, patente na CCDRA - Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, em Évora,  até 12 de agosto.

Da autoria da eborense Sara Caeiro esta exposição mistura duas vertentes artísticas, a pintura e a cerâmica. A arte da Sara - acompanhada atualmente pela Associação de Surdos de Évora – tem patente uma intensidade cromática nas suas paisagens pictóricas, com muita luminosidade e dinâmica nas personagens.

"ESPETACULAR" DE AGATHA RUIZ DE LA PRADA EM ÉVORA

A Duquesa de Cadaval, abriu as portas do Palácio Cadaval, em Évora, para a exposição da conhecida artista espanhola Agatha Ruiz de la Prada.

Com o nome “ESPETACULAR”, a exposição foi inaugurada no dia 24 de junho e é composta por 36 propostas de roupa com a marca da animada e alegre artista e designer espanhola, sendo as peças a sua imagem: coloridas, alegres e com uma nota sui generis: em forma de bolos, rebuçados e bombons.

As peças estão a ser expostas pela primeira vez e a estarão patentes, de terça-feira a domingo, até 25 de setembro.

 

MONSARAZ ESTÁ “OLHANDO A PAISAGEM”

“Olhando a Paisagem” em Monsaraz é o nome de uma exposição de pintura – da autoria de Luísa Seabra e Lita Chicau -  e que estará patente na Torre de Menagem do castelo de Monsaraz de 1 de julho a 6 de agosto.

A exposição integra o ciclo de exposições Monsaraz Museu Aberto e caracteriza-se pelo facto das obras de Luísa Seabra serem quadros pintados a óleo com forte incidência na tauromaquia e as telas de Lita Chicau serem mais nostálgicas e serem referentes a momentos alentejanos e ambientes da vida portuguesa.

ESCULTOR ROBERT SCHAD CHEGA AO ALENTEJO

Estremoz, Evoramonte e Veiros são os municípios alentejanos que vão receber a exposição temporária “Percurso Lusitano”, da autoria do escultor alemão Robert Schad.

Até final de 2017, várias peças de aço com grandes dimensões vão estar expostas nas ruas destas localidades: em Evoramonte junto à Torre/Paço Ducal de, Em Veiros perto do Castelo e no Largo Dom Dinis, e em Estremoz no Baluarte e no Rossio Marquês de Pombal.

A exposição é constituída por grandes peças de aço oxidado e que permitem novos pontos de vista sobre os locais em que se encontram.

Páginas