Está aqui

Exposição

Alcácer do Sal expõe Azulejaria do Século XVI

Em Alcácer do Sal, a “Azulejaria do Século XVI” vai estar em exposição, na Cripta Arqueológica.

Patente até 30 de julho, pode ser visitada de terça-feira a domingo, das 9h30 às 13h e das 15h às 18h30.

Com o nome "À descoberta das reservas do Museu Municipal Pedro Nunes - A Azulejaria do Século XVI", esta exposição é constituída por 11 peças de azulejaria hispano-árabe (três pequenos painéis e azulejos avulso).

Bombeiros “Pequenos, Grandes Heróis” é exposição em Portalegre

Desde o passado dia 18 que, na Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, no Hall do Hospital Doutor José Maria Grande, está patente uma das maiores exposições portuguesas de miniaturas de Bombeiros.

A exposição “Pequenos, Grandes Heróis”, pertence ao colecionador João Paio, de Campo Maior, um militar da GNR na reserva e voluntário nos Bombeiros Voluntários de Ponte de Sor, e vai estar patente até 11 de setembro de 2020.

Esta é a maneira da ULSNA homenagear os bombeiros que estão também na primeira linha no combate à pandemia e aos incêndios.

 

Alcáçovas recebe “Janelas do Alentejo” de Carlos Figueira

De 19 de junho a 23 de agosto, o Paço dos Henriques, em Alcáçovas, recebe a exposição “Janelas do Alentejo”, de Carlos Figueira.

O projeto com o mesmo nome teve início em 1993 e deu o mote para esta exposição, sendo hoje uma marca registada que pretende divulgar o património alentejano através da interpretação de elementos arquitetónicos, entre outros.

Em exposição estarão 40 peças, réplicas ou interpretações dos elementos originais, feitas à mão com recurso a técnicas artesanais.

De Itália ao Alentejo: 42 vídeo-postais expostos em Évora

Eleonora Marzani é a artista visual e performativa autora da exposição POSTCARDS_Trilogy (2013-2016) e que estará patente na Galeria de Exposições da Casa de Burgos, em Évora, a partir do próximo dia 7.

Roncas expostas em Elvas

São dezenas as roncas expostas na Casa da Cultura de Elvas.

Este é um instrumento típico da época natalícia e essencial nos cantares do Natal de Elvas e que são agora homenageadas com esta exposição, patente até 6 de janeiro.

Organizada pela Associação Juvenil Arkus, esta mostra – com entrada livre - está integrada na programação de Natal preparada pela Câmara Municipal de Elvas e conta com dezenas de roncas, para todos os gostos, feitios, materiais e tamanhos além de várias fotografias do Grupo de Roncas d’ Elvas.

Arraiolos expõe obras de Júlio Pomar

Desde quinta, que Arraiolos tem patente trabalhos e obras do artista plástico Júlio Pomar.

Autor de uma obra multifacetada centrada na pintura, desenho, cerâmica e gravura, Júlio Pomar pertenceu à terceira geração de pintores modernistas portugueses; faleceu no ano passado.

Esta exposição, “Júlio Pomar: Ver, Sentir, Etc. - Obras do Acervo do Atelier - Museu Júlio Pomar", com curadoria de Sara Antónia Matos e Pedro Faro, inclui obras de várias épocas e tem por base o título de um texto escrito pelo artista em 1951.

Uma Beja “Republicana”

Já está patente, no Centro Unesco para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, em Beja, a exposição “Beja Republicana”.

Com coordenação científica de Constantino Piçarra da Universidade Nova de Lisboa, a exposição é promovida pela Câmara Municipal de Beja que pretende que a exposição venha a contar a história da cidade nos dezasseis anos que se seguiram à instauração da República em Portugal, o período da I República, de 1910 a 1926.

Há um novo ciclo de exposições para ver em Évora

No Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida (FEA), em Évora, há, desde ontem, um novo ciclo de exposições.

São três novas exposições, com foco no objeto: «Fahrenheit, a consagração de Babel», «Boundless Objects» e «Arquiteturas Pintadas – figuração pós-conceptual espanhola».

Obras de 30 autores esperam por si no Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja

São mais de 30 os autores que têm os seus trabalhos expostos no Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja.

Oriundos de 10 países - Bélgica, Brasil, Colômbia, Espanha, Estados Unidos da América, França, Holanda, Inglaterra, Itália e Portugal - há autores para todos os gostos, dos populares, aos alternativos, passando pelos cómicos, introspetivos, super-heróis etc, e, entre eles, alguns que deram origem a bandas desenhadas bem conhecidas como "Michel Vaillant" e "Blake & Mortimer".

Uma exposição à lâmina

No Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida (FEA), até 29 de setembro, está patente a exposição “Maria Lino - lâmina olhar animal” e que é a mais ampla mostra realizada em Portugal do trabalho de uma das mais notáveis artistas portuguesas.

Esta exposição reúne desenhos, esculturas, objetos e material documental, muitos dos quais inéditos, e é uma oportunidade de dar a conhecer melhor esta artista e as formas como a sua obra - centrada na relação com o lugar, com a natureza - explora as coisas no mundo e o mundo nas coisas.

Páginas