Está aqui

Exportações

LINHA ÉVORA-CAIA ENVOLTA EM POLÉMICA

No mês passado, o Tribuna Alentejo noticiou que no site da empresa Infraestruturas de Portugal IP, tinham sido abertos os concursos que previam a Elaboração do Projeto de Execução da Nova Ligação Ferroviária entre Évora Norte e Elvas/Caia (fronteira com Espanha), com cerca de 90 quilómetros.

ALENTEJO: APOIO À INTERNACIONALIZAÇÃO É PARA CONTINUAR

O “Alentejo 2015 Exportar +” foi um projeto desenvolvido através de uma parceria criada entre os Núcleos empresariais da região do Alentejo - NERBE/AEBAL, NERE e NERPOR – e, de acordo com fontes dos mesmos, o programa de internacionalização de micros e médias empresas foi um sucesso.

ECONOMIA ESPANHOLA ACELERA E PORTUGUESES GANHAM

A economia espanhola está a sentir uma aceleração e, com ela, estão a beneficiar as empresas portuguesas. Segundo a edição de sábado do Diário de Notícias, a Espanha está a crescer cerca de o dobro da União Europeia e está a comprar cada vez mais a Portugal que lhe vende energia, matérias-primas, papel, vidro, peças para automóveis e roupa.

Portugal já o sente dado que a economia espanhola foi responsável por 48,7% do acréscimo homólogo do total das exportações lusas no primeiro semestre do ano e as dez maiores exportadoras não prevêem abrandamento deste ritmo.

ÉVORA COM MAIS EXPORTAÇÕES E MENOS DESEMPREGADOS

Segundo o Jornal de Negócios, de todos os concelhos do país que já analisou, Évora é o que apresenta o maior crescimento de exportações, com um aumento de 89% nos últimos dois anos. A contribuir fortemente para este salto estão a empresa TYCO ELECTRONICS, que com a produção de uma pequena peça para automóveis, abastece todo o mundo e coloca-se como a maior empresa de Évora e a EMBRAER, que está a produzir asas para aviões da companhia a partir das fábrica que tem em Évora.

PORTO DE SINES JÁ É O MAIS IMPORTANTE DO PAÍS

Em termos genéricos os movimentos de cargas nos portos nacionais subiram 11% em comparação com o primeiro semestre do ano passado. A outra boa notícia é que o Porto de Sines já é o porto mais relevante do país, tendo em conta que movimentou 49,1% da totalidade de mercadorias que circularam pelos portos portugueses.

Segundo os dados do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT),  e trabalhados pelo Diário Económico, o porto alentejano conseguiu uma subida de 25,4%, face ao ano anterior, mais que duplicando o ritmo de crescimento.

ALENTEJO

Tendo como principais mercados externos Angola, Brasil e Estados Unidos, a exportação de vinhos do Alentejo aumentou 5,1% em 2014, face a 2013, de acordo com dados da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) - criada em 1989, e que é o organismo que certifica os vinhos DOC Alentejo e os vinhos Regional Alentejano.

Páginas