Está aqui

Escola Secundária de Serpa

ESCOLAS DE SERPA E CASTRO VERDE VÃO TER OBRAS DE REQUALIFICAÇÃO

A declaração é de Tiago Brandão Rodrigues, Ministro da Educação, ao Correio do Alentejo. "Estamos preparados para fazer todo o trabalho de forma célere e acreditamos que a Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) também fará o seu trabalho".

Para as obras avançarem é preciso que a CIMBAL assine o Pacto, de acordo com um modelo que está a ser implementando um pouco por todo o país e que os municípios estabeleçam um acordo de cooperação com o Ministério da Educação e depois "é um trabalho de empreitada pública relativamente simples. Isto aconteceu por todo o país.

NILZA DE SENA VOLTA A DENUNCIAR "DEGRADAÇÃO" DA ESCOLA DE SERPA

A deputada do PSD eleita por Beja está hoje na Escola Secundária de Serpa, em véspera da audição do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, no debate da especialidade do Orçamento, para denunciar aquilo que chama de falta de investimento do atual governo nas infra-estruturas escolares.

JOÃO RAMOS DEFENDE INTERVENÇÃO DO GOVERNO NA ESCOLA DE SERPA

O coro de vozes preocupadas com a situação na Escola Secundária de Serpa aumenta e a ele junta-se agora João Ramos, deputado do PCP eleito por Beja, que num encontro com o diretor do agrupamento de Escolas N.º 2 de Serpa, garantiu que o assunto já havia motivado uma comunicação há cerca de um ano ao Ministério da Educação mas que a situação daquele escola, a precisar de obras, se mantém inalterável.

João Ramos assumiu perante o diretor do agrupamento daquela escola, que vai pressionar a tutela a comprometer-se com um calendário de obras, conforme adiantou à Rádio Voz da Planície.

NILZA DE SENA "INDIGNADA" COM SITUAÇÃO EM ESCOLA DE SERPA

A deputada do PSD Nilza de Sena, eleita por Beja, diz-se "indignada" com a "situação urgente" que se vive na Escola Secundária de Serpa e que "exige esclarecimentos cabais e uma solução rápida" por parte do Ministério da Educação, que garanta as "condições de conforto indispensáveis ao bom desempenho dos alunos, dos professores e dos funcionários" daquela escola.

Recordamos que a direcção da escola tem alertado para a falta de condições na escola e já pediu uma audiência ao Ministério da Educação, mas até ao momento não obteve resposta.