Está aqui

Enologia

PÊRA-MANCA - A LENDA ESTÁ DE VOLTA

Muitos já ouviram falar. Poucos o viram. O lendário Pêra-Manca tinto está de volta este ano.

Fruto da colheita de 2013 o Pêra-Manca tinto regressa este ano, depois d eem 27 anos de colheita só terem sido produzidas 14 edições. Só há quando a qualidade ímpar lhe é conferida.

Foi assim que começou em 1990, e a tradição é mantida pelos enólogos da Cartuxa, propriedade da Fundação Eugénio de Almeida.

MAIS UM VINHO ALENTEJANO COM MEDALHA DE OURO

Depois do “Conde D’Ervideira branco 2016” ter sido considerado um dos melhores brancos do mundo, agora foi o “Monte da Ravasqueira Syrah Viognier 2013” que conquistou uma medalha de ouro no Syrah Masters 2017, numa edição que decorreu em Bumpkin, na Inglaterra.

O certame é promovido pela prestigiada publicação europeia “The Drink Business” e junta em competição dezenas de vinhos desta casta ancestral e que chegaram dos mais variados cantos do mundo.

DIA GRANDE NO ESPORÃO

No fim de semana de 24 e 25 de junho, na Herdade do Esporão, em Reguengos de Monsaraz, as portas vão abrir para várias atividades como provas de vinhos (que inclui a Prova Especial da Garrafeira do Esporão), degustações gastronómicas, passeios na herdade, workshops, showcooking com o chefe de cozinha Pedro Pena Bastos, visitas às adegas e aos lagares, concertos, num programa que tem ainda atividades dedicadas para as crianças.

 

Imagem de esporao.com

VINHO: ALENTEJO E DOURO NO TOP 10 DA EUROPA

A conhecida plataforma “European Best Destinations”, da European Consumers Choice - uma organização independente e sem fins lucrativos que promove mais de 260 destinos europeus - realizou uma eleição para saber quais as melhores regiões vinícolas europeias e os seus utilizadores colocaram o Alentejo e o Douro neste top 10 das melhores.

HERDADE DO FREIXO: UM NOVO ÍCONE NO ALENTEJO

Quando se pensa numa adega no Alentejo, o imaginário não nos leva diretamente aos vários exemplos de adegas com arquitetura moderna que surgiram nos últimos anos pelo Alentejo.

No entanto, e se pensa que o projeto da Herdade do Freixo é mais um destes exemplares que junta uma arquitetura fantástica com a produção de bom vinhos e azeites está enganado, vai mais além.

Num investimento de cerca de 10 milhões de euros - com recurso a fundos europeus e privados - numa encruzilhada entre Évora, Redondo e Evoramonte, renasce a Herdade do Freixo.

APRECIADORES DE VINHO QUEREM O ALENTEJO ESTE VERÃO

O site Vivino, especialista em vinhos, enologia e enoturismo e que reúne a maior comunidade de interessados em vinho de todo o mundo, destacou o Alentejo como um dos 8 destinos de vinho para estas férias de verão.

Na lista só há mais um destino português, o Douro. Os representantes lusos são acompanhados por regiões vitivinícolas tão ilustres como Alsácia e Champagne, na França; Naoussa, na Grécia; Trentino-Alto Ádige, na Itália; Martinborough, na Nova Zelândia e Finger Lakes, nos Estados Unidos.

CHEGOU O VINHO EM CÁPSULAS

Pois é, primeiro o café e agora o vinho; nasceu a D-Vine, a máquina de vinho que funciona como uma máquina de café: em cápsulas.

A “sommeliere” eletrónica – ou escanção eletrónico - foi apresentada por uma empresa francesa, a 10-Vins, no salão CES -Consumer Electronics Show, em Las Vegas (Estados Unidos).

RUSSOS PROCURAM VINHOS ALENTEJANOS

A AICEP vai promover, de 19 a 23 de outubro, encontros entre o importador de vinhos russo AGORA e produtores que se inscrevam.

Os importadores russos pretendem conhecer in loco a qualidade e diversidade da oferta nacional, nomeadamente vinhos do Alentejo, Algarve e vinho Madeira.

A empresa russa, em colaboração com a AICEP, pretende deslocar-se a Portugal e realizar um tour pelas regiões em questão em busca de fornecedores.

A data limite para as inscrições será 14 de setembro.

ESPORÃO DE PORTAS ABERTAS

E será assim nos dias 20 e 21 de junho, na Herdade do Esporão, que convida os amantes do vinho e do Alentejo a visitar e explorar a herdade em Reguengos de Monsaraz.

Poderá, durante 24 horas, assistir a workshops, realizar provas de produtos regionais, assistir a concertos, realizar passeios entre outras atividades que contabilizadas em cerca de 40 no total.

O Dia Grande serve para mostrar aquela que, 2014, foi considerada uma das 100 melhores adegas do mundo, segundo a Wine & Spirits.