Está aqui

Empreendimentos turísticos

Grândola quer travar instalação desregrada de empreendimentos turísticos

A Câmara Municipal de Grândola aprovou, na passada quinta-feira, a proposta de suspensão parcial do Plano Diretor Municipal (PDM), que visa “travar a especulação imobiliária e garantir o desejável desenvolvimento sustentável da região”.

Em comunicado, António Figueira Mendes, presidente da autarquia, afirma que esta medida vai ajudar a que o investimento turístico e imobiliário seja um fator de “crescimento sustentável do concelho de Grândola, que respeite a natureza, o ambiente e as populações”.