Está aqui

Educação

Portugueses não acreditam que distanciamento nas escolas será cumprido

Em período de rentrée (regresso ao trabalho/ ensino), apenas 4,9% dos portugueses considera que o distanciamento será cumprido nas escolas. 34,5% gostaria que o teletrabalho passasse parcialmente a fazer parte da sua atividade profissional.

Crianças sem contacto social e escolas sem envolver partes interessadas?  

É evidente que qualquer criança tem condições muito melhores que um adulto para se adaptar à mudança. Veja-se a simples abordagem de uma criança quanto à pandemia: “quando o vírus for embora vamos (…)”. Será função dos educadores não deixar esquecer que o vírus não irá desaparecer num ápice ou antes deixar bem claro e transparente que a cada dia tudo pode melhorar?

Alcácer do Sal oferece cadernos e mochilas a crianças do 1.º ciclo

O Município de Alcácer do Sal estabeleceu um apoio para as crianças do concelho inscritas no ano letivo de 2020/2021 no 1º ciclo do ensino básico, com a oferta dos cadernos de atividades e mochilas.

Com a medida aquele município alentejano considera estar a combater às desigualdades sociais e promover o rendimento escolar e vai abranger um universo de cerca de 350 meninos e meninas do 1º ciclo, compreendendo a oferta de aproximadamente 1.280 livros de fichas. As crianças vão ainda receber mochilas para acondicionar os cadernos e os manuais escolares.

E@D - Uma equação onde falta o verbo aprender

O E@D tão constantemente mencionado e discutido nestes difíceis tempos ganhou por estes dias um enorme destaque em função dos momentos de pandemia que temos vivido mas, na verdade, está regulado já há algum tempo através da Portaria n.º 359/2019 de 8 de outubro.

Santiago do Cacém aumenta número de bolsas de estudo para o Ensino Superior

Considerando o impacto económico da pandemia da Covid-19 na economia e na vida dos seus munícipes, a autarquia de Santiago do Cacém, decidiu aumentar o número de Bolsas de Estudo a atribuir aos estudantes do Ensino Superior, para o ano letivo 2020/2021.

Em Alandroal estudar já quase não tem custos para as famílias

O Município de Alandroal prepara-se para oferecer os Cadernos de Atividades a todos os alunos do 1º, 2º e 3º ciclos no ano letivo que arranca em setembro.

A escola que sobra depois da pandemia

Sobre a escola e a educação, depois da pandemia, há uma pergunta que sobressai: Haverá equidade na Educação, em Portugal, depois de 2020?

Parece que a longa quarentena, que foi muito útil para fazer arrumações em tantos lares, não terá sido assim tão útil para outras arrumações.

3 milhões de euros para contratar mais "cérebros" para a Universidade de Évora

Foi assinado, esta semana, entre a Autoridade de Gestão do Alentejo 2020 (ALENTEJO 2020) e a Universidade de Évora (UÉ) os Termos de Aceitação no âmbito da Contratação de Recursos Humanos Altamente Qualificados e que envolve um financiamento global de quase 3 milhões de euros.

Santarém regista taxa zero de abandono escolar

Pelo quarto ano consecutivo, os Agrupamentos de Escola do concelho de Santarém registaram uma taxa zero de abandono escolar.

Os números são revelados pela BIME – Plataforma de Informação Edu, que agrega informação administrativa relativa às escolas públicas, e que divulga que, nos últimos dez anos, o concelho de Santarém apenas registou o abandono escolar por parte de sete alunos, num total de mais de sete mil alunos/ano.

Empresário da Vidigueira oferece 26 novos computadores às escolas do concelho

A Câmara Municipal de Vidigueira entregou 26 computadores ao Agrupamento de Escolas de Vidigueira, oferecidos à autarquia por um empresário local e para serem colocados ao serviço de alunos com carências económicas.

Segundo aquele município alentejano a iniciativa "pretende garantir as condições necessárias para o ensino à distância e minimizando o impacto negativo que a pandemia covid-19 poderia provocar com o eventual aumento das desigualdades em contexto escolar".

O Município náo revelou a identidade do doador.

Páginas