Está aqui

Dormidas

Dormidas turísticas sobem 25,7% no Alentejo

Segundo o Instituto Nacional de Estatística, INE, o número de dormidas nos alojamentos turísticos em abril no Alentejo subiu 25,7%, quando comparado com o período homólogo.

Já os proveitos totais cresceram 27,5% e os de aposento 32% o que colocou o Alentejo como a região conheceu a maior variação homóloga dos proveitos, no país, como adianta hoje a Rádio Pax.

Em Abril passado, o rendimento médio por quarto disponível nos estabelecimentos de alojamento turístico aumentou 23% no Alentejo, comparativamente a Abril de 2018.

Turismo aumenta no Alentejo, outra vez

O país apresentou dados muito díspares em relação à evolução do Turismo – sobretudo em termos de evolução das dormidas – segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) – só o Norte e o Alentejo aumentaram os turistas em junho, sendo que, por cá, o aumento – face ao mesmo período de 2017 – foi de 2,4%.

O aumento nas dormidas justificou um aumento de 4,7% nos proveitos relativos ao aposento e 5,4% nos proveitos totais.

Ao todo, neste primeiro semestre, o Alentejo teve um aumento de 6,6% nas dormidas, enquanto que o total nacional caiu 2,9%.

 

DORMIDAS NO ALENTEJO AUMENTAM 12,3%

Os números revelados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) apontam para um aumento do número de dormidas no Alentejo na ordem dos 12,3% em janeiro, quando comparados com o período homólogo. 

Face os mesmo período regista-se também um aumento dos proveitos totais no Alentejo na ordem dos 14,6% e o Rendimento Médio por Quarto Disponível subiu dos 12,1 euros em Janeiro de 2016 para os 13,2 euros em Janeiro de 2017.

Imagem de capa Hotel Vila Galé em Évora, da Laskasas.com

 

ALENTEJO: MAIS LUCRO E MENOS DORMIDAS

O Alentejo e o Centro foram as duas regiões do país onde se registaram descidas no volume de dormidas em maio e as dormidas de residentes recuaram 7,2%. Contudo, as dormidas de não residentes subiram 1,7% face a período homólogo e os proveitos totais na região aumentaram 4,8% e os de aposento 2,1% quando comparados com maio do ano passado. Já o Rendimento Médio por Quarto Disponível no Alentejo subiu dos € 23,1 em maio de 2015 para os 23,8 euros em maio deste ano.

INGLESES E ESPANHÓIS AUMENTAM PROCURA DO ALENTEJO

O número de dormidas no Alentejo aumentou em Novembro 16% face ao mesmo período do ano anterior, de acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os mesmos dados que revelam um aumento da procura em termos gerais no país, mas com destaque para o Alentejo, cujas dormidas de residentes cresceram 7,4% e as de não residentes em 37,6%.

A contribuir para este aumento estiveram os mercados britânico e espanhol.

ALENTEJO AUMENTA DORMIDAS EM 9%

O volume de dormidas no Alentejo voltou a aumentar segundo os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Se comparar-mos o mês de Outubro com igual período homólogo notamos um crescimento de 8,9%. As receitas das unidades hoteleiras também tiveram uma tendência de crescimento sendo que o rendimento médio por quarto subiu de 2014 para 2015 de 18,5 euros para 21,7 euros.

Imagem de capa daqui.