Está aqui

Disney

ZOOTRÓPOLIS

Desde que os estúdios da Disney adquiriram a Pixar, tornando John Lasseter o Diretor Criativo de ambos, que o cinema de animação, infantojuvenil, e todas as propostas vindas de ambos, têm tomado um rumo cada vez mais delicioso, de filme para filme, e ao mesmo tempo surpreendente, numa mudança que começou com Bolt (2008, real. Byron Howard, Chris Williams). Uma das mudanças mais evidentes foi o investimento nos argumentos, e num processo criativo aberto à discussão de todos os guionistas e entre todos os projetos, simultaneamente. Em Zootrópolis (2016, real. Byron Howard, Rich Moore, Jared Bush) embora os animais regressem à tela para ser os protagonistas, tanto a história como o seu desenvolvimento e enredo conseguem surpreender-nos de forma positiva. O que já vai sendo habitual, estarmos perante um filme muito adulto, e até complexo, embrulhado numa pequena história, aparentemente infantil e de superação, mas que está muito mais focado na emancipação.