Está aqui

Democracia

Individualismo ou Liberalismo?

Com a queda da União Soviética em 1991 e consequente derrube dos regimes Comunistas do Leste Europeu, julgou-se que seria o triunfo das democracias liberais, e que o capitalismo fosse sinónimo de Democracia. A par das crescentes desigualdades socioeconómicas a sociedade ocidental tornou-se cada vez mais individualista e focada no objetivo único e sagaz de gerar riqueza.

Democracia e ciência

Por Luís Monteiro (Médico)

A história da ciência é complexa e os caminhos de alguns cientistas cruzaram-se com momentos negros da nossa memória colectiva.

Não obstante, a verdadeira ciência precisa duma sociedade aberta para florescer.

O método científico necessita de liberdade para verificar a veracidade das hipóteses colocadas. Os cientistas têm um pensamento céptico que, de forma estruturada, tenta detectar erros, por exemplo, replicando experiências.

Para os investigadores não existem, portanto, dogmas ou personalidades acima de críticas.

H. H. - O observador observado

por Giuseppe Steffenino

Harald Hauswald muda-se da periferia de Dresden para Berlim Oriental no final dos anos 70. Tem 24 anos, é apaixonado pela fotografia e fez alguns cursos de formação e ganha a vida fazendo biscates.

Cidadania ativa e plena: um apelo ao voto dos jovens

Apelar ao voto jovem e à consciencialização da juventude para uma cidadania ativa e plena, capaz de robustecer a democracia. Este é o entender do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), da Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ) e da Associação Nacional de Assembleias Municipais (ANAM) que, juntos, lançaram esta semana a Campanha Nacional «Vive a Democracia».

Faleceu Maria Lourença Cabecinha, resistente antifascista alentejana

Maria Lourença Cabecinha, resistente antifascista alentejana faleceu no passada sexta, aos 88 anos.

Natural de São Cristovão, concelho de Montemor-o-Novo, nasceu a 17 de março de 1933 e tinha ascendência numa família de trabalhadores rurais. Não existindo escola, foi com o pai que aprendeu as primeiras letras e aos 12 anos já trabalhava no campo.

Com 15 anos, aderiu ao Partido Comunista Português e aos 18 anos tornou-se funcionária do partido, sendo obrigada à clandestinidade com o seu companheiro António Gervásio.

Eurodeputado alentejano Carlos Zorrinho alerta para situação em Moçambique

O eurodeputado alentejano Carlos Zorrinho alertou para situação preocupante na província moçambicana de Cabo Delgado, em Moçambique e referiu que os

“Recentes acontecimentos no Afeganistão aumentam o risco de um ressurgimento das redes terroristas globais”

Zorrinho alertou para que a crise humanitária que se vive na Província de Cabo Delgado, em Moçambique, não seja esquecida e defende uma maior concertação entre as políticas humanitárias e de defesa dos direitos humanos e as ações de apoio à segurança e defesa.

Ativista e artista chinês Ai Weiwei planeia homenagem a Gorbachev a partir do Alentejo

É considerado pela crítica “um dos artistas mais interventivos e criativos da contemporaneidade” e transformou a sua arte num grito de ativismo, sendo também um dos rostos mais conhecidos na oposição ao regime comunista de Xi Jinping, o obrigou ao exílio.

Falamos do mundialmente famoso artista chinês Ali Weiwei que, depois do exílio na Alemanha e Grã-Bretanha, decidiu ficar a viver em Portugal, no concelho de Montemor-o-Novo, no Alentejo.

À Reuters, Weiwei revelou o seu amor pelo nosso país e a sua intenção de (...) “ficar aqui por muito tempo se nada acontecer.”

Assalto ao Capitólio? Que surpresa!

É de facto surpreendente que trinta mil pessoas se tenham juntado em Washington D.C. para participar num inocente comício de rua e de repente tenham marchado em direcção ao Capitólio e invadindo o dito cujo!

É surpreendente porque é algo inaudito, diz-se que a última vez que o edifício foi alvo de intrusão foi em 1814, pelo exército inglês quando este tentou reconquistar os Estados Unidos através do território do Canadá. E curiosamente, já os últimos invasores também usavam uniformes vermelhos!

Isto é uma América?

Desde pequeno que aprendi a admirar os Estados Unidos.

A doutrina emanada de Hollywood terá sido uma grande culpada. Quando era pequeno, tal como a maioria das crianças à época, preferia os cowboys aos índios, preferia os americanos aos russos, aos chineses, a quaisquer outros alegadamente “bad guys”. Os EUA chegaram à lua, dominavam o espaço e quem não quis viver como em “Beverly Hills 90210”?

Está a corrupção a ameaçar a democracia? – opinião de Ana Gomes, Eduardo Dâmaso e Rafael Marques

No debate desta sexta, com Ana Gomes, Eduardo Dâmaso e Rafael Marques, o foco estará na corrupção, um ato tão antigo como o poder e tem sido um dos pontos relevantes nas sociedades modernas. Muitas vezes empecilho da evolução e do progresso, das desigualdades sociais e do mau funcionamento do Estado, a teia chega agora à própria Liberdade.

Páginas