Está aqui

Covid-19

Festival do Crato volta a ser adiado devido à pandemia

A edição deste ano do Festival do Crato, assim como a 36.ª Feira de Artesanato e Gastronomia foram novamente adiadas na sequência da pandemia de covid-19, anunciou a câmara municipal alentejana promotora de ambos os eventos.

Em comunicado, citado pela Lusa, o município do Crato explica que, “por motivos de responsabilidade social e sanitária”, foi decidido “manter o adiamento” destes eventos pelo segundo ano consecutivo.

Neste sentido, os dois eventos, que tradicionalmente decorrem em paralelo no final do mês de agosto, foram reagendados para 2022.

Alentejo na estrita lista dos melhores destinos para viajar em 2021

O site “European Best Destinations” (os melhores destinos europeus) considerou quatro destinos nacionais como seguros para se viajar em 2021: o Alentejo, a Madeira, os Açores e Lagoa.

O site especializado em viagens realiza este ranking dos melhores destinos de férias todos os anos e, este ano, o site teve em consideração dados sobre a situação pandémica dos destinos referidos.

A lista é curta e conta somente com 11 destinos, sendo que a maioria deles são na Grécia.

Elvas: cabazes alimentares para 900 famílias

A pandemia e as medidas necessárias para a combater têm criado e enfatizado problemas de cariz social consideráveis.

Neste sentido, a Câmara de Elvas decidiu ajudar algumas famílias com mais dificuldades e vai entregar 900 cabazes de alimentos a famílias do concelho.

Estes cabazes -  entregues a famílias de alunos beneficiários dos escalões A e B do apoio social do ensino pré-escolar, básico e secundário - são compostos por: leite, arroz, massa, grão, feijão, tomate, farinha, atum, azeite, óleo, bolachas e cereais; produtos adquiridos no comércio do concelho.

Adega de Vidigueira doa 0,50€ por garrafa vendida à AMI em março

A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACVCA) vai doar 50 cêntimos à AMI – Assistência Médica Internacional por cada garrafa de Vidigueira Antão Vaz vendida durante o mês de março.

De acordo com a empresa, citada pela Planície, esta iniciativa surgiu na sequência da 3.ª Campanha da AMI intitulada “Os AMIgos são para as ocasiões”, a partir do qual a Adega criou um protocolo de colaboração que “ajudará a AMI a angariar mais fundos para a compra e entrega de bens essenciais aos mais vulneráveis à covid-19”.

Idade da Reforma “vai recuar”, defende demógrafo da Universidade de Évora

O demógrafo Filipe Ribeiro, da Universidade de Évora, defende que o ano de 2023 poderá trazer um recuo histórico da idade de acesso à reforma devido aos efeitos da pandemia de covid-19.

Em declarações ao ECO, o professor diz que é “bastante provável” que a projeção do Instituto Nacional de Estatística (INE) para o triénio de 2018 a 2020 “seja revista para valores inferiores, mesmo não apresentando ainda um declínio em relação ao triénio anterior”. Isto por causa do agravamento da pandemia, no final de 2020.

Álcool gel de adegas alentejanas afastado por produtos “sem controlo”

As empresas vitivinícolas do Alentejo não têm capacidade de competir no mercado de álcool gel devido à proliferação de produtos baratos, mas “sem controlo” das autoridades, avança a Lusa.

A informação foi avançada pelos responsáveis da Ervideira e da Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito, que foram das primeiras adegas a apoiar a linha da frente do combate à pandemia de covid-19, numa altura de enorme escassez de álcool gel. Contudo, um ano depois de pandemia, estão praticamente “fora do mercado”.

Saúde mental dos jovens agrava-se com pandemia

A pandemia de covid-19 está a ter “um significativo impacto negativo na saúde mental dos jovens portugueses, especialmente nos níveis de depressão e de ansiedade”, revelam os dados de um estudo realizado por uma equipa da Universidade de Coimbra (UC).

De acordo com a Rádio Pax, o estudo mostra que 14% dos adolescentes, com idades compreendidas entre os 13 e os 16 anos, apresentam “sintomatologia depressiva elevada (acima do percentil 90) durante a pandemia de covid-19”.

Adega da Vidigueira destaca-se por se reinventar em tempos de pandemia

A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACVCA) é destaque no jornal ECO por se ter reinventado em tempos de pandemia.

A partir da aguardente, a empresa apostou na produção de gel para fins sanitários desde o início da pandemia. Um ano depois e com 15 mil litros de desinfetante produzidos, a cooperativa continua a apostar neste nicho de negócio, tendo até criado um laboratório, no mês de junho, exclusivamente para este fim.

Observatório do Baixo Alentejo com propostas para a recuperação económica

O Observatório do Baixo Alentejo (OBA), no âmbito da consulta pública do PPR - Plano de Recuperação e Resiliência, apresentou, esta semana, um conjunto de propostas de valorização de políticas integradas para o desenvolvimento da região e do Sudoeste Ibérico e que se vieram juntar aos contributos já apresentados em agosto de 2020.

Querem calar a imprensa

Há poucos dias atrás, dezenas de personalidades de esquerda assinaram uma carta aberta dirigida às televisões generalistas a pedir contenção na informação sobre a pandemia e a criticar o que consideram ser o excesso informativo, o tom agressivo usado nalgumas entrevistas e a "obsessão opinativa".

Não fosse uma carta escrita há tão poucos dias, poderia fazer lembrar os discursos bafientos dos regimes mais antidemocráticos que existiram ao longo da história.

Páginas