Está aqui

Covid-19

Elvas entrega mais de 90 mil equipamentos de proteção individual a IPSS

Foram entregues pela Câmara Municipal de Elvas mais de 90 mil equipamentos de proteção individual a dezenas de instituições particulares de solidariedade social (IPSS) e outras entidades do concelho, de modo a melhor prevenir a propagação da pandemia da Covid-19.

Além dos referidos equipamentos, a autarquia de Nuno Mocinha entregou ainda mais 1200 máscaras às juntas de freguesia do concelho.

Já antes tinha sido feito uma entrega de 1100 máscaras às juntas.

 

Imagem de globo.com

Covid-19: Vacina segura leva em média 15 anos a desenvolver

Os primeiros resultados dos testes em humanos de várias vacinas contra a Covid-19 mostraram alguns efeitos secundários, como dores de cabeça e desmaios.

Somos todos agentes de saúde pública

“Tu és um agente de saúde pública” esta é a mensagem base da nova estratégia de comunicação da Direção Geral de Saúde (DGS) e que pretende explicar novamente que cuidados se devem ter nesta fase quase generalizada de desconfinamento, quer seja nos ambientes laborais, quer seja na vida privada com a necessidade de resistir à vontade de organizar e frequentar festas ou de reinventar os momentos de lazer.

A campanha estará disponível a curto prazo e contou com as vozes de Rui Unas e Catarina Miranda nos spots, tendo o dedo da agência de publicidade Addmore.

Covid-19: multas e novas regras já estão em vigor

Entra já em vigor, este sábado, a aplicação das contraordenações por incumprimento das práticas sociais que visam conter a pandemia da Covid-1, após a publicação, ontem, em Diário da República, do decreto-lei as regulamenta.

Covid-19: Estragaram tudo e em pouco tempo

O País viveu cerca de mês e meio em estado de emergência, seguidos de dois meses em estado de calamidade. Será que os resultados são bons? Já estamos a entrar no verão, o qual trás associado o período de gozo de férias e a época de visita de muitos turísticas, a vinda dos nossos emigrantes, mas também a abertura de fronteiras. Será que estamos preparados para esta nova e diferente etapa?

Piscinas alentejanas vão manter as portas fechadas este verão

Depois dos anúncios de que as piscinas municipais de Vendas Novas e Sousel não iriam abrir este verão, entre outras, têm-se sucedido as informações de mais piscinas que não irão abrir devido ao risco de contágio da Covid-19.

O município de Viana, por exemplo, não vai abrir Piscinas Municipais este verão, apesar de compreender que este é um equipamento importante para a população, deu antes primazia à saúde pública e à segurança.

E agora?

Vivemos numa altura sem precedentes, em que enfrentamos uma pandemia que se espalha com uma tremenda rapidez, cujo principal foco de transmissão se dá através do contacto social. 

Estivemos confinados, assistimos a países onde o caos se instaurou, onde as mortes aumentaram dia após dia, assistimos a milhares de profissionais de saúde contagiados, profissionais de saúde exaustos, a lutar pelo mundo, a lutar por nós.

Tivemos tudo e, de repente, não tínhamos nada, nem a nossa “liberdade”, nem a nossa rotina, nada do que sempre demos por adquirido.

Vendas Novas sem piscinas este verão

Devido à pandemia COVID-19, o Município de Vendas Novas decidiu não abrir as Piscinas Municipais neste verão.

De acordo com fonte da autarquia, a decisão – que foi bastante ponderada, revela - tem por base o zelo e a precaução para evitar riscos de contágio e zelar pela saúde e bem-estar da comunidade.

Aproveitando a paragem, a autarquia presidida por Luís Dias vai realizar obras de manutenção para que, em 2021, todos possam voltar aos mergulhos com as melhores condições.

Praias de Odemira com medidas de resposta à Covid-19

São 20 as medidas anunciadas pela Câmara de Odemira e que visam dar resposta às regras e necessidades de intervenção nas praias do concelho, tendo em vista a prevenção da pandemia de covid-19.

As medidas servirão de apoio às atividades económicas e pretendem garantir a segurança e a correta informação dos banhistas.

Em Évora, há um estendal solidário

Entre terça e quinta feira, no Jardim do Paraíso, em Évora, vai existir um “estendal solidário”.

Esta iniciativa da Santa Casa da Misericórdia de Évora parte para a sua segunda edição – a primeira ocorreu no inverno - e pretende distribuir roupa, sapatos e outros artigos a quem mais precisar, uma vez que este tipo de necessidades aumentou durante a crise epidémica que vivemos.

Páginas