Está aqui

Consumidores

Portugueses gastaram 4,8 mil milhões no supermercado no 1.º semestre

A mercearia e os congelados cresceram 2% face a 2020 e todas as restantes categorias até caíram, com exceção das bebidas, com e sem álcool.

O fecho e restrições nos restaurantes levou a comprar mais para casa. As famílias portuguesas gastaram 4.787 milhões de euros em compras para o lar nos primeiros seis meses do ano, o que representa um aumento de 2,7% (mais 125 milhões de euros) face ao período homólogo, em que o setor dos bens de grande consumo havia já crescido 10,4%.