Está aqui

consórcio

Hidrogénio verde arranca em Sines em dezembro com 76 milhões

O projeto de hidrogénio verde de Sines, com o nome de Green H2 Atlantic, vai arrancar em dezembro, representando um investimento total de 76,6 milhões de euros, com os fundos europeus a contribuírem com 30 milhões, segundo documentos da Comissão Europeia consultados pelo Jornal Económico.

De acordo com o mesmo jornal, a EDP Renováveis vai ser a empresa a coordenar este projeto, que visa o desenvolvimento e a operação de um eletrolisador com 100 megawatts na cidade de Sines.

Hidrogénio verde em Sines espera acordo sobre financiamento até agosto

O projeto-piloto que tem como objetivo a produção de hidrogénio verde em Sines recebeu uma primeira autorização de Bruxelas para avançar. Agora, é esperar que o consórcio H2 Sines chegue a acordo com a Comissão Europeia em relação ao financiamento para este projeto, adianta o Jornal Económico.

Ministro diz que fim do consórcio H2Sines vai fazer surgir “mais projetos”

O ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, desvaloriza a fragmentação do consórcio H2Sines, que reunia a EDP, Galp, Martifer, Vestas e REN, com o objetivo de implementar um “cluster” de produção de hidrogénio verde, considerando que tal vai fazer “com que surjam mais projetos”.

Projeto de hidrogénio verde em Sines não vai ter consórcio

O projeto H2 Sines, cuja viabilidade estaria a ser estudada por um grupo de empresas como a EDP, Galp, Martifer, REN e Vestas, não deverá concretizar-se em formato de consórcio, avança o Dinheiro Vivo.