Está aqui

CDS

AFINAL, AS AZINHEIRAS NÃO DERAM CORTIÇA!

Apesar da abstenção ter permanecido extremamente elevada, os resultados provisórios das eleições autárquicas de 2017 sugerem que quem votou, não só, não se deixou seduzir pelo canto das sereias como, ainda, penalizou fortemente os erros de “casting”.

NUNO MELO EM ÉVORA

O eurodeputado Nuno Melo vai estar em Évora no próximo dia 8 de setembro em Évora para a apresentação do programa eleitoral autárquico da "Coligação Afirmar Évora", que integra o CDS, o PPM e o MPT. A Coligação Afirmar Évora é liderada por Pedro D'Orey Manoel, que se candidata à Câmara Municipal daquela cidade e Frederico Carvalho, candidato à Assembleia Municipal. O evento decorre a partir das 18h00, na Rua de Aviz.

DA INCONGRUÊNCIA

Esta semana, veio o deputado João Almeida solicitar a demissão do Ministro das Finanças por, alegadamente, ter omitido documentos à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos sem nunca, no entanto, identificar quais seriam os documentos em causa que justifiquem o pedido de demissão de um Ministro.

Desde cedo que João Almeida nos tem brindado com intervenções polémicas e desrespeito a deputados de outras bancadas da esquerda à direita.

PSD E CDS VÃO SER UM NO DISTRITO DE BEJA

O PSD e o CDS-PP assinaram, na passada semana, um acordo para coligações no distrito de Beja, para as eleições autárquicas deste ano.

O objetivo dos dois partidos que compuseram o anterior governo, pretende que se apresentem listas de candidatos conjuntas no maior número de concelhos possível.

O acordo -assinado pelos dois coordenadores autárquicos nacionais de cada partido, Carlos Carreiras e Domingos Doutel - não refere nenhum concelho de modo específico e o objetivo é alterar o quadro político do distrito, conquistando espaço aos a PS, PCP, BE e PEV.

ASSUNÇÃO CRISTAS EM ÉVORA

A ex-Ministra da Agricultura do Governo de Passos Coelho e candidata à liderança do CDS Assunção Cristas vai estar hoje em Évora num encontro com militantes, a preparar a moção que levará ao Congresso do partido e que deverá acontecer a 12 e 13 de Março. O encontro acontece às 17h no Évora Hotel.

 

 

O GOLPE PALACIANO PORTUGUÊS

A minha rúbrica no Tribuna do Alentejo esteve como a Democracia Portuguesa: INTERROMPIDA.

O insólito aconteceu depois do dia 4 de Outubro de 2015. O PPD/PSD e o CDS/PP foram as forças políticas mais votadas nas últimas Legislativas, mas isso já não é novidade para ninguém, nem o será na restante Legislatura.

ALENTEJANO FUNDA PARTIDO POLÍTICO

É alentejano, académico e a trabalhar em Lisboa. Falamos de Joaquim Pinto, um jovem professor universitário que se considera "não politizado", apesar de ser um dos fundadores do novo partido  "Nós, Cidadãos" que está a implantar-se "paulatinamente" no Alentejo. Acredita que a alternância do PS/PSD/CDS no poder tem os dias contados. Fomos conversar com ele e procurar compreender o que muda com um novo partido político.

 

Tribuna Alentejo: Começamos por querer saber onde e quando nasceu e o que faz profissionalmente?

FIM DAS TOURADAS EM ÉVORA?

O número de manifestações contra as touradas cresce e com ele o número de pessoas que se junta em coro aos que pedem a sua proibição. Basta citar o exemplo do que tem acontecido aqui ao lado na vizinha Espanha, com forte tradição tauromáquica e onde, apesar disso, a resistência contra ela cresce.

Quanto vale um voto?

Com a aproximação das eleições para o parlamento europeu, estas começam a estar na ordem do dia em todos os meios de comunicação social. Muito se vai dizendo e escrevendo sobre este assunto, pelo que, pouco a pouco, a estratégia de cada um dos partidos, a composição das listas de cada partido e a coligação entre PPD/PSD e CDS/PP, vão-se tornando tema de conversa.