Está aqui

Carta Arqueológica

Reguengos de Monsaraz apresenta Carta Arqueológica com mais de 1 500 sítios

A Carta Arqueológica de Reguengos de Monsaraz conta com cerca de 1 500 sítios arqueológicos e vai ser apresentada no próximo domingo, revelou a Câmara Municipal em comunicado.

Segundo o município, nesta sessão de apresentação, marcada para as 10:00 nos Paços do Concelho, vai estar Ana Paula Amendoeira, Diretora Regional de Cultura do Alentejo, António Valera, responsável pelo Núcleo de Investigação em Arqueologia da ERA Arqueologia, e os arqueólogos que elaboraram a carta arqueológica, nomeadamente Rui Mataloto, André Pereira e Manuel Calado.

Reguengos de Monsaraz dá início à Carta Arqueológica do concelho

A Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz anunciou que deu início à elaboração da Carta Arqueológica do concelho, um trabalho que vai reunir a múltipla informação dada a conhecer por muitos dos investigadores que cruzaram o território concelhio.

Este trabalho, coordenado pelos arqueólogos Rui Mataloto, André Pereira e Manuel Calado, será posteriormente aplicado “aos instrumentos locais de gestão do património, nomeadamente o Plano de Diretor Municipal, mas também para uma edição que permita a todos uma visão global sobre o património”, refere a autarquia.

5 mil anos de história do Alentejo em carta arqueológica de Reguengos

O território do concelho de Reguengos de Monsaraz, pela sua extensão, riqueza e diversidade, desde muito cedo atraiu e fixou as vivências humanas, deixando marcas mais ou menos visíveis na paisagem, dando-lhe a espessura única dos milénios.