Está aqui

Cáritas de Beja

Cáritas de Beja alerta que imigrantes estão “mais expostos” a exploração

A Cáritas de Beja alertou recentemente para as centenas de migrantes que chegaram do Nepal, Índia, Paquistão, Bangladesh, Gâmbia, Gana e até do Brasil à procura de uma vida melhor nos campos agrícolas do Baixo Alentejo, mas que, devido à falta de trabalho que veio com a pandemia, ficaram sem sustento.

Alentejo: um tablet para combater a solidão

No Alentejo, há um projeto que visa combater a solidão através das novas tecnologias. Em Beja, a Cáritas Diocesana de Beja está a promover o recurso às novas tecnologias como uma forma de responder às limitações impostas pela pandemia e que afastaram, ainda mais, os utentes do serviço de apoio domiciliário.

Com o nome «Humanamente Ativos», este programa da Cáritas de Beja leva uma terapeuta à casa dos idosos para estimular física e mentalmente os mais idosos.