Está aqui

Brejão

Odemira celebra centenário de Amália

O concelho de Odemira não esquece a o nome maior do Fado português, Amália Rodrigues, e mantém viva a memória da fadista que tinha no concelho a sua residência de férias e onde existe até uma praia com o seu nome. E é em Odemira que se vai dar início às comemorações do centenário do nascimento da fadista, com um vasto programa de atividades a realizar por todo o país e que se estenderão até ao final de 2020. Recorde-se que Amália Rodrigues nasceu a 23 de julho de 1920 e faleceu a 6 de outubro de 1999.

Odemira ganha 4 murais públicos dedicados a Amália Rodrigues

O artista Ivo Santos, que assina como Smile, está a criar durante o mês de agosto quatro murais de arte pública na localidade do Brejão, freguesia de São Teotónio, em Odemira, dedicados ao percurso artístico e de vida da fadista Amália Rodrigues, que foi apaixonada por aquela localidade.

Esta iniciativa promovida pelo Município de Odemira, com o apoio da Fundação Amália e da Associação Cultural e de Desenvolvimento Económico Social do Brejão, insere-se na iniciativa “Odemira recorda Amália”, um evento evocativo e de homenagem à fadista que decorre durante o mês de outubro.

ODEMIRA HOMENAGEIA AMÁLIA RODRIGUES

Sabia que Amália Rodrigues teve uma ligação muito forte a Odemira? E que a fadista considerava Odemira como o seu refúgio? Ou que a praia que frequentava acabou por ganhar o seu próprio nome? E que a sua casa de férias em Brejão se mantém preservada e pode ser visitada?