Está aqui

Biblioteca Pública de Évora

Biblioteca Pública de Évora encerra parcialmente para obras

A Biblioteca Pública de Évora vai encerrar ao público as salas de leitura e de empréstimo domiciliário a partir do próximo dia 1 de abril, pelo prazo previsível de um ano, tempo que se prevê durarem as obras de reabilitação do interior do edifício.

PédeXumbo celebra 20 anos em Évora

A Associação PédeXumbo celebra 20 anos de existência e para marcar a data organiza o Festival “20 Anos PX, 20 Espaços, 20 Atividades e mais do que 20 Pessoas”

Évora: a mais antiga Biblioteca Pública do País faz 213 anos

A Biblioteca Pública de Évora comemora no próximo dia 25 de Março 213 anos, o que faz dela a mais antiga biblioteca pública do país. Fundada pelo Arcebispo Frei Manuel do Cenáculo, uma das figuras de maior relevo do Iluminismo Português,  esta biblioteca tem à sua guarda 664 incunábulos e 6.445 livros impressos do século XVI, para além de diversos núcleos de documentos manuscritos, de cartografia, partituras e mais de 20.000 títulos de publicações periódicas.

BONECOS DE SANTO ALEIXO DIARIAMENTE NA BIBLIOTECA PÚBLICA DE ÉVORA

São originários de uma aldeia do Alto Alentejo, nasceram em meados do século XIX, correm habitualmente o mundo mas a sua casa é em Évora, ao cuidado do Centro Dramático de Évora (CENDREV), responsável pela conservação e animação. Falamos dos Bonecos de Santo Aleixo, marionetas de varão, manipuladas por cima e cujo tamanho varia entre os vinte e os quarenta centímetros.

BIBLIOTECA DE ÉVORA COMEMORA 212 ANOS

Hoje, sábado, 25 de março, Biblioteca Pública de Évora celebra 212 anos, o que a torna na mais antiga biblioteca pública do país.

Para celebrar, a biblioteca tem um programa vasto e variado e quer celebrar consigo:

 10h30 | Visita guiada para os elementos do grupo ÉvoraSketchers, que irão desenhar a Biblioteca durante o dia.

10h30 | TuuTuu - Teatro sensorial para bebés e crianças até 3 anos - AGORA Teatro. Inscrições limitadas.

O MAIS ANTIGO INCUNÁBULO IMPRESSO EM PORTUGAL ESTÁ EM ÉVORA

(Atualização)

Como resultado dos recentes trabalhos de catalogação, a Biblioteca Pública de Évora tratou uma obra literária muito valiosa: o mais antigo incunábulo em latim impresso em Portugal.

Segundo a diretora da Biblioteca Pública de Évora, Zélia Parreira, “presume-se que a obra tenha sido escrita por Cataldo Sículo”, o que faz dela uma obra das obras mais antigas impressas em Portugal cuja estimativa aponta para o período entre 1487 e 1488.