Está aqui

Basílica Real de Castro Verde

Teto da Basílica Real de Castro Verde restaurado em 310 mil euros

As obras de restauro do teto pintado em madeira da Basílica Real de Castro Verde arrancam hoje, segunda-feira, numa intervenção avaliada em 310 mil euros e que deverá demorar cerca de um ano, anunciou a Paróquia.

A fonte, citada pelo Correio Alentejo, adianta que todo o culto, “nomeadamente dominical”, irá passar para a Igreja dos Remédios, sendo igualmente interrompidas as visitas turísticas à Basílica Real e ao seu Tesouro.

3.ª fase de obras arranca hoje na Basílica Real de Castro Verde

Hoje, segunda-feira, dia 17 de agosto, arranca a terceira fase das obras de recuperação da Basílica Real de Castro Verde, um investimento avaliado em 45 mil euros e que prevê a recuperação do coro alto e do nártex.

De acordo com o Correio Alentejo, esta intervenção deverá demorar cinco meses e é promovida pela Paróquia de Castro Verde. Conta ainda com um apoio direto de 10 mil euros por parte da Câmara Municipal, que vai assumir as despesas com o alojamento dos técnicos em cerca de mais nove mil euros.

Empresa mineira SOMINCOR financia requalificação da Basílica Real de Castro Verde

A autarquia de Castro Verde tem preparada uma obra de requalificação da Basílica Real de Castro Verde num investimento de cerca de 450 mil euros, numa obra que avançará em duas fases. Segundo a autarquia na 1ª fase a intervenção ronda os 65 mil euros e inclui limpeza nas cobertura e arranjo das caixilharias de madeira, investimento repartido entre a Câmara de Castro Verde, o Governo, a União de Freguesias de Castro Verde e Casével e Paróquia de Castro Verde.

Basílica Real de Castro Verde em risco de colapso

Devido à grande quantidade de água que tem chovido, as infiltrações de água e a humidade agravaram ainda mais os problemas estruturais na Basílica Real de Castro Verde.