Está aqui

Bandeira Azul

Praia Fluvial de Mourão reconhecida por qualidade e boas práticas de segurança

A Praia Fluvial de Mourão foi reconhecida pelo Júri Nacional do Programa Bandeira Azul pela sua qualidade e boas práticas de segurança.

Odemira distinguida como “Município Mais Azul”

O município de Odemira foi distinguido pela Agência Portuguesa do Ambiente e pela Coordenação Nacional do Programa Bandeira Azul como “Município Mais Azul”, adianta a Rádio Pax.

De acordo com a autarquia, este “reconhecimento resulta pelo excelente desempenho nas atividades de educação ambiental, realizadas no âmbito do Programa Bandeira Azul 2020”.

Sines volta a ser o “Município Mais Azul” do Alentejo

O município de Sines voltou a ser distinguido com o galardão “Município Mais Azul” do Alentejo, obtendo a melhor pontuação nas atividades de educação e sensibilização ambiental associadas ao programa Bandeira Azul na época balnear de 2020.

De acordo a autarquia, este galardão foi atribuído pela Associação Bandeira Azul da Europa e “vem reconhecer o investimento da Câmara Municipal de Sines em educação ambiental”. Recorde-se que em 2019 o município já tinha recebido o mesmo galardão.

Odemira tem 12 praias com bandeira azul

Nesta época balnear de 2020, o concelho de Odemira conta com 12 praias com Bandeira Azul.

Símbolo de qualidade e excelência, a designação bandeira azul é atribuída pela ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa e, este ano, as praias do Malhão Norte, Malhão Sul, Franquia, Farol, Furnas Rio, Furnas Mar, Almograve Norte, Almograve Sul, Zambujeira do Mar, Alteirinhos e Carvalhal e a praia fluvial de Santa Clara, todas no concelho de Odemira, vão poder hastear a Bandeira Azul.

Odemira com 12 praias Bandeira Azul

As praias do Malhão Norte, Malhão Sul, Franquia, Farol, Furnas Rio, Furnas Mar, Almograve Norte, Almograve Sul, Zambujeira do Mar, Alteirinhos e Carvalhal e a praia fluvial de Santa Clara vão hastear a Bandeira Azul, o símbolo de qualidade atribuído pela ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa.

Pelo segundo ano consecutivo, o concelho de Odemira conta com o maior número de praias com Bandeira Azul, bem como cinco praias acessíveis (Franquia, Furnas Rio, Furnas Mar, Zambujeira do Mar e Carvalhal) e duas praias naturistas (no Malhão Norte e Alteirinhos Sul).

Praias alentejanas são Bandeira Azul e Qualidade Ouro e não há muitas assim

As Praias do Município de Santiago do Cacém, Costa de Santo André e Fonte do Cortiço (Praia das Areias Brancas), hastearam hoje, dia 28 de junho, o galardão Bandeira Azul, símbolo de qualidade das zonas balneares. 

Há vários anos, e de forma consecutiva, que as Praias do Concelho recebem o galardão. Para a Câmara Municipal, que começa a preparar a candidatura ao galardão em janeiro, é gratificante ver reconhecido o trabalho desenvolvido, porque a Bandeira Azul hasteada é sinónimo de qualidade da praia.

Praias de Odemira com 12 bandeiras azuis, 6 de Ouro, 5 acessíveis e 2 naturistas

Mais três dias e as praias de Odemira abrem oficialmente a época balnear com doze Bandeiras Azuis, seis praias com Bandeira de Qualidade Ouro, cinco Praias Acessíveis e duas Praias Naturistas, a "maior qualificação e diversidade de sempre", segundo a autarquia alentejana. Além de três novas praias com Bandeira Azul, outras novidades na presente época balnear em Odemira incidem numa nova Praia Naturista e a preparação de outra onde a presença do melhor amigo do homem, o cão, é autorizada, num processo que ainda está em curso.

Alentejo ganha uma bandeira azul

Este ano Portugal terá 322 bandeiras nas suas praias, mais 12 que no ano passado, e que torna Portugal o sexto país da União Europeia com mais praias com bandeira azul.

No Alentejo estarão 32 delas, sendo o Algarve a liderar com 89 praias com bandeira azul.

Uma das novas bandeiras estará no Alentejo e foi atribuída à praia fluvial de Mourão, tendo agora a região 4 praias fluviais com o galardão.

Quanto às embarcações ecoturísticas com bandeira azul, Portugal terá sete, estando uma delas também no Alentejo.

PRAIAS ALENTEJANAS SEM NADADORES SALVADORES

A época balnear deste ano está a fazer-se com muitas dificuldades devido à falta de nadadores salvadores, uma situação que está a afetar as praias do litoral alentejano e que impede que estas hasteiem a Bandeira Azul, situação que tem como prazo limite de resolução o próximo dia 7 de julho, sob pena de perderem o galardão europeu.

São os casos das praias da Fonte do Cortiço, em Santiago do Cacém, Ilha do Pessegueiro, Vieirinha e Morgavel, no concelho de Sines, e Almograve e Alteirinhos, no concelho de Odemira, todas à espera de 12 nadadores salvadores.

MONSARAZ, A PRAIA QUE NÃO EXISTIA, JÁ TEM BANDEIRA AZUL

A Associação Bandeira Azul da Europa - ABAE já anunciou as praias com bandeira azul em 2017 e a praia de Monsaraz, em Reguengos de Monsaraz (Évora) é uma delas. Nascida com o enchimento da Barragem de Alqueva, tem-se transformado num local cada vez mais procurado pelos que preferem o interior ao litoral do país.

Para o Alentejo vieram ainda mais três novas bandeiras para as praias do Malhão, Alteirinhos e Santa Clara.

No total, Portugal tem agora 320 praias com a bandeira azul da ABAE: 292 na costa e 28 no interior.

Páginas