Está aqui

Bacia do Sado

Bacias hidrográficas do Alentejo aumentam o seu volume em abril

Quatro bacias hidrográficas aumentaram o seu volume armazenado durante o mês de abril, segundo os dados publicados pelo SNIRH – Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos.

De acordo com a Rádio Pax, das 59 albufeiras monitorizadas, 32 apresentam disponibilidades hídricas superiores a 80% do volume total e quatro têm disponibilidades inferiores a 40%.

Assim, na Bacia do Guadiana, seis barragens armazenavam mais de 80% do seu máximo e três estavam entre os 50 e os 80% da sua capacidade limite. Já Alqueva armazenava 90% da sua capacidade máxima.

Alqueva e barragens alentejanas atingem mais de 80% de capacidade

No último dia do mês de fevereiro verificou-se um aumento do volume armazenado em 11 bacias hidrográficas, comparativamente ao último dia do mês anterior, avança a Rádio Pax.

Segundo os dados publicados pelo SNIRH - Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos, das 59 albufeiras monitorizadas, 36 apresentam disponibilidades hídricas superiores a 80% do volume total e quatro têm disponibilidades inferiores a 40%.

Bacia do Sado atravessa a maior seca desde que há memória

A Bacia do Sado está em risco de atravessar a maior seca já vista desde os anos 70 com árvores a morrer e animais em péssimas condições, de acordo com o jornal Público.

O diretor executivo da Associação de Regantes e Beneficiários de Campilhas e Alto Sado (ARBCAS), Ilídio Martins, explicou que “está tudo seco!”, acrescentando que “atingimos um limite que nunca foi atingido” no stress hídrico desde que há memória.