Está aqui

Azeite

Estudo de investigadores alentejanos defende olival nacional

Está concluído um estudo iniciado em 2016 e que conclui que as oliveiras nacionais são tão rentáveis quantos as variedades estrangeiras que proliferam agora pelos campos alentejanos. O estudo foi desenvolvido por investigadores da Universidade de Évora, do Politécnico de Portalegre, do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV) e do Centro de Biotecnologia Agrícola e Agroalimentar do Alentejo (CEBAL) e verifica que há motivos para valorizar as variedades de oliveiras portuguesas, o que atesta a qualidade da azeitona nacional e da qualidade do seu azeite.

Agropecuária, azeite e vinho - está de regresso parte da História de Estremoz

A agropecuária, o azeite e o vinho – além da gastronomia de modo geral, da tradição e animação - regressam em força a Estremoz.

Vem aí a 33ª edição da Feira Internacional Agropecuária de Estremoz – FIAPE e começa no próximo dia 1 de maio.

Integrados na feira, existirão vários concursos como o XXIV Concurso de Cozinha Alentejana, o VII Concurso Regional de Azeites – Prémio FIAPE e o V Concurso de Vinhos de Estremoz e aos quais se juntam, este ano, o II Concurso Nacional de Ovinos Suffolk e o XX Concurso Nacional de Jovens Reprodutores de Raça Charolesa.

Espanhóis investem 10 milhões de euros em lagar de azeite no Alto Alentejo

A espanhola Migasa, uma das maiores empresas mundiais de produção de azeite, tem a operar em Monforte, distrito de Portalegre, um lagar de grandes dimensões, com um investimento na ordem dos 10 milhões de euros.

A empresa de Sevilha construiu o lagar de azeite na herdade das Tapadas, num prédio do município, vendido à empresa espanhola para aquele efeito.

Com 20 postos de trabalho lagar, o lagar conta com três lagos de secagem, processando diariamente “300 toneladas” de azeitona.

Notícia atualizada às 12h30.

Imagem de capa de sevilla.abc.es

 

Espanhóis vieram ao concurso de azeites da Ovibeja ganhar quase todos os prémios

Segundo os resultados divulgados pela associação ACOS - Agricultores do Sul, a promotora do concurso internacional de azeites da Ovibeja, os azeites espanhóis conquistaram a maioria dos galardões que havia para atribuir aos concorrentes, com 150 azeites a concurso.

Quebra superior a 20% na produção de azeitona vai afetar Alentejo

Em matéria de produção de azeitona era previsível que este ano ficasse aquém do ano anterior, já que 2018 foi o ano recordista na produção nacional, com 134 mil toneladas de azeitona. 2019 é o chamado ano de "contrassafra", que vai atingir inevitavelmente o Alentejo, região que produz cerca de 80% da azeitona portuguesa. As previsões de quebra na casa dos 20% já haviam sido antecipadas pelo INE em fevereiro.

Mesas de Marvão cheias de “Comidas de Azeite”

As mesas de Marvão estão cheias de “Comidas de Azeite”. Já começou a 14ª edição das “Comidas de Azeite” e que – até 17 de março – vão levar às mesas de quinze restaurantes do concelho de Marvão comidas em que o azeite desempenha um papel central.

Vinho e azeite alentejano com a marca da mãe de CR7

A mãe de CR7, Dolores Aveiro já tem a sua marca de vinho e de azeite alentejanos e que estarão à venda, em exclusivo, no El Corte Inglés.

Fruto de uma parceria com a Queijaria Nacional, as marcas estarão disponíveis nas prateleiras a partir de dia 6 de fevereiro.

O azeite será extra virgem e fruto de azeitonas maduras de oliveiras Alentejanas; os vinhos serão também do Alentejo e terão por base as castas touriga nacional e syrah, no caso do tinto; antão vaz e verdelho, da Vidigueira, no branco e aragonez e touriga nacional no rosé.

 

Alentejo: campanha 2018/19 com quebra na produção de azeite

O Alentejo é a região nacional líder na produção de azeite – à volta de 80% da produção nacional - existindo cerca de 180 mil hectares de olival que atingem uma produção aproximada de 95.000 toneladas de azeite.

No entanto, prevê-se uma ligeira queda na campanha 2018/19 – face à campanha anterior e que foi considerada positivamente fora do comum - uma vez que a azeitona apresenta um baixo rendimento (são necessárias mais azeitonas para fazer uma quantidade de azeite determinada), de acordo com associações especializadas do setor.

Chefes Michelin descobrem o Azeite Alentejano

Chegam na terça, dia 4 e ficam por cá até dia 7, os chefs de restaurantes de todo o mundo premiados pelo Guia Michelin.

Além destes conceituados mestres da cozinha, virão também diversos degustadores de azeite e críticos gastronómicos internacionais.

Produção de azeite atinge máximos históricos no Alentejo

De acordo com os últimos dados fornecidos pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a produção de azeite ultrapassou os 1,47 milhões de hectolitros, um novo recorde de produção, sendo que cerca de três quartos têm origem no Alentejo, que produz mais de metade do azeite nacional desde 2009.

Apesar de marcado pela seca, o ano agrícola 16/17 foi altamente produtivo em maçã, laranja, kiwi, cereja e amêndoa, com estas culturas a baterem recordes de produção, como está a avançar o digital Economia Online, na sua edição de hoje. 

Páginas