Está aqui

Associação dos Jovens Agricultores do Sul

Vendas de borrego do Alentejo aumentam, mas com mais custos

Nesta Páscoa, as vendas de borrego do Alentejo aumentaram face ao ano passado, muito graças à exportação, mas há produtores que se queixam do aumento dos custos de produção, devido à guerra e à seca.

Em declarações à Lusa, Diogo Vasconcelos, presidente da Associação dos Jovens Agricultores do Sul (AJASUL), sediada em Évora, disse que “o borrego está com uma procura interessante. Estamos a exportar muitos machos” e também “há uma procura maior das fêmeas no mercado interno”.

Subida dos fatores de produção preocupa criador de bovinos alentejano

Desde a pandemia de covid-19 que a procura e os preços do gado bovino têm sofrido alterações, contudo, a subida dos fatores de produção e eventuais problemas com exportações têm sido um obstáculo aos produtores.

Em declarações à agência Lusa, Diogo Pestana de Vasconcelos, empresário agrícola da Agrosava, explica que os preços das matérias-primas “estão a ser um verdadeiro peso para toda a atividade”.