Está aqui

António Costa

Rui Nabeiro é a prova de quem pode “crescer para o mundo”

O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu esta quarta-feira que o empresário Rui Nabeiro, dono do grupo Delta, é a “melhor prova” de que “não há nada que impeça” quem está numa região de fronteira de “crescer para o mundo”.

De acordo com a Lusa, António Costa falava em Portalegre, num comício de apoio ao candidato socialista à Câmara Municipal local, Luís Moreira Testa, quando abordou o percurso de Rui Nabeiro, que o ouvia na plateia e que detém o grupo Delta Cafés, para incentivar os autarcas a inspirarem-se no empresário.

Autárquicas: António Costa e Jerónimo de Sousa no Alentejo

Ao oitavo dia de campanha para as autárquicas, o secretário-geral do PS, António Costa, está de passagem pelo Alentejo, revela a agência Lusa.

António Costa tem três ações de campanha marcadas para hoje, terça-feira, começando com um encontro em Alcácer do Sal, no distrito de Setúbal, com a candidata à Câmara Municipal, Clarisse Campos.

Pouco depois, Costa ruma ao Alentejo com um comício em Évora e outro em Beja, acompanhado de candidatos socialistas.

António Costa em Évora

Terça-feira, dia 21, a partir das 18 horas, António Costa, secretário-geral do Partido Socialista estará em Évora para participar na campanha às Autárquicas 2021.

António Costa juntar-se-á assim à comitiva de apoiantes e membros da candidatura “Valorizar Évora”, encabeçada por José Calixto.

 

Imagem de sapo. pt

Primeiro-ministro acredita que Sines pode dominar na Europa

O Primeiro-ministro António Costa está cheio de esperança no hidrogénio verde de Sines e acredita mesmo que Sines pode dominar na Europa.

Confiante, António Costa referiu que esta aposta nas energias verdes tem tudo para ser um sucesso  - e pouco tempo após fecho da central termoelétrica da EDP e que produzia energia através da queima de toneladas diárias de carvão -  o foco está na produção de energia através de hidrogénio verde, pois “O sol continuará a brilhar, o vento a soprar.”

Governo vai testar novos modelos de festivais de verão

Já foi aprovado o diploma que prevê a possibilidade de, durante o ano de 2021, serem realizados, em articulação com a Direção-Geral da Saúde – DGS, eventos teste-piloto para definição de novas orientações técnicas e a realização de testes de diagnóstico de SARS-CoV-2, por imposição da DGS ou por iniciativa do promotor do evento.

Covid 19 e o Natal: o que muda no Alentejo

A renovação do Estado de Emergência foi aprovada na sexta-feira, com os votos a favor de PS, PSD e da deputada não inscrita Cristina Rodrigues; PCP, PEV, Chega e Iniciativa Liberal votaram contra e Bloco de Esquerda, PAN, CDS e da deputada não inscrita Joacine Katar Moreira abstiveram-se.

No decurso desta aprovação, foram ontem apresentadas pelo Primeiro Ministro as medidas de restrição para esta época festiva e que engloba o Natal e Passagem de Ano.

Covid-19 no Alentejo: tudo sobre as novas regras

Foram anunciadas ontem, ao final da tarde, pelo Primeiro-Ministro António Costa, e após novo Conselho de Ministros, novas medidas consoante o nível de risco apresentado por cada concelho.

António Costa inaugurou investimento de 2,5 milhões no Hospital do Litoral Alentejano

O Primeiro Ministro António Costa inaugurou hoje, sexta-feira, 13 de novembro, as novas instalações do Serviço de Urgência do Hospital do Litoral Alentejano, no que representou um investimento de cerca de 2,5milhões de euros.

Novo Hospital Central do Alentejo: Primeiro-Ministro em Évora, para fazer adjudicação

A adjudicação da construção do novo Hospital Central do Alentejo, em Évora, será formalizada hoje, segunda-feira,  9 de novembro, pelo Primeiro-Ministro António Costa.

A cerimónia acontecerá pelas 10h, na sede da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, e pode contar ainda com a presença da ministra da Saúde, Marta Temido.

A conclusão do novo hospital está prevista para 2023 e representa um investimento total superior a 180 milhões de euros.

Portugal no pelotão da frente na execução de fundos comunitários

Portugal é o sexto país europeu com melhor taxa de execução dos fundos comunitários, segundo o jornal ECO.

O país já executou 49% dos 25,85 mil milhões de euros do Portugal 2020, uma posição que ocupa em ex-aequo com França que tem um pacote ligeiramente superior (27,53 mil milhões).

Páginas