Está aqui

Angola

Angola levou cerca de 6 milhões de euros em vinho alentejano

No ano de 2018, os angolanos compraram cerca de 6 milhões de euros de vinho alentejano.

Existem 79 produtores de vinhos Alentejo a exportar para Angola; são cerca de 350 marcas de vinho alentejano que chegam assim a mesas angolanas. Números que sustentam a tendência de crescimento das exportações dos vinhos alentejanos. Na última década, os vinhos alentejanos triplicaram as suas vendas e exportam já para 115 mercados internacionais, com grande destaque para Brasil – o único país a comprar mais que Angola - Angola, Estados Unidos, Suíça e Polónia.

 

Florbela Espanca revisitada pelo Centro Camões em Angola

Luanda dedicou à poetisa alentejana Florbela Espanca a sétima edição de um programa que aprofunda autores de língua portuguesa, no Centro Cultural Português Camões.

Alentejo exportou 3,4 milhões de litros de vinho para Angola

Angola importou em 2017, 3,4 milhões de litros de vinhos alentejanos engarrafados, o que faz daquele país africano o segundo maior mercado de importação de vinhos do Alentejo, a seguir ao Brasil e antes dos Estados Unidos.

O Alentejo terminou o ano com 112 mercados internacionais de exportação sendo que os cinco maiores importadores de vinho do Alentejo representam 57% do valor e 55% da quantidade vendida para o estrangeiro.

Brasil, Angola, Estados Unidos, Suíça e França constituem assim o top 5 de importadores de vinho alentejano.

TREINADOR ALENTEJANO É DESTAQUE EM ÁFRICA

Tem 37 anos e é natural de Portalegre; Sérgio Traguil chega agora ao comando técnico do Kabuscorp, o quarto classificado do Girabola 2017, o nível mais alto do futebol angolano.

Este é o segundo clube que treina no futebol angolano, depois da experiência no Santa Rita da Cássia do Uíge.

O treinador que estudou Educação Física no ISCE - Instituto Superior de Ciências Educativas e Escola Superior de Desporto de Rio Maior., conta com passagem pelas escolas do Benfica, mas começou a carreira no Portus Alacer em 2009/2010, prosseguindo no Estrela de Portalegre em 2014/2015.

EXPORTAÇÕES DE VINHO ALENTEJANO EM QUEDA

Angola e Brasil foram até ao ano passado os dois melhores mercados de vinhos do Alentejo mas a crise económica em que vivem os dois países provocou quebras nas vendas com grande impacto para a região.

FESTA EXCLUSIVA DE VINHOS ALENTEJANOS EM LUANDA

Luanda prepara-se para receber os vinhos alentejanos num dos espaços mais conceituados da capital angolana, o Moments Lounge, onde decorrerá a "Festa Exclusiva Vinhos do Alentejo", no próximo dia 26 de maio. Uma ação enquadrada no plano de promoção externa que a CVRA tem desenvolvido nos últimos anos, sendo Angola um dos países de atuação.

O ACTO DE SECUNDARIZAÇÃO DA DEMOCRACIA

Na última quinta-feira tivemos a oportunidade de assistir em plena Assembleia da República, a casa da democracia portuguesa e órgão máximo da mesma, a uma pura demonstração de como uma nação cuja Constituição foi elaborada há 40 anos, sob a égide dos valores democráticos depois de tantos anos de autoritarismo, consegue rejeitar uma condenação apresentada pelo PS e BE relativa ao caso dos 17 ativistas presos em Angola por terem na sua posse um livro intitulado Da Ditadura para a Democracia, e acusados de coautoria de actos preparatórios para uma rebelião e associação criminosa.

"ALENTEJO DE EXCELÊNCIA" RECOLHE LIVROS PARA ANGOLA

Um grupo de alentejanos a viver em Angola convidou  a associação Alentejo de Excelência a apoiar o seu projecto de recolha de livros escritos em português para enviar para África, iniciativa que foi abraçada pela associação, que se encontra já a instalar no Alentejo e em Lisboa uma estrutura de apoio à recolha dos livros, que terão como destino a Biblioteca de Santa Izabel, em Cacuaco, município da província de Luanda, em Angola.

BEDETECA DE BEJA EM ANGOLA

A Bedeteca de Beja termina hoje a sua participação no 12º Luanda Cartoon-Festival Internacional de Banda desenhada e Animação.
Segundo a organização esta participação foi uma oportunidade para ficar a conhecer o que se está a fazer neste momento em Angola, mas também para divulgar o trabalho da Bedeteca e o Festival Internacional de BD de Beja. 

Páginas