Está aqui

Agricultura

Universidade de Évora lidera projeto para certificar boas práticas agrícolas

Portugal vai passar a integrar, através da Universidade de Évora, uma rede europeia que visa implementar um certificado de integração da biodiversidade na gestão dos agroecossistemas, nomeadamente na gestão do olival.

Alentejo: azeite pode ter a maior produção de sempre

A campanha da azeitona 2021 arranca no próximo 15 de outubro e deverá chegar às 150 mil toneladas de azeite com o maior recorde de sempre, de acordo com as previsões da Olivum, Associação de Olivicultores e Lagares do Sul.

Portugal é já o primeiro país em produção de azeite virgem e virgem extra no mercado mundial.

Valor das exportações deverá aumentar e superar os 600 milhões de euros.

Coligação Cívica criada para intervir na Agricultura

Foi com a intenção de poder intervir e participar no Plano Estratégico para a Política Agrícola Comum (PEPAC) que nasceu uma coligação de 20 entidades e associações.

Esta coligação cívica quer abrir o diálogo na elaboração do Plano Estratégico para a Política Agrícola Comum (PEPAC) e, em comunicado, refere que “Não abdicamos do direito de ser ouvidos, de obtermos respostas e conhecermos os fundamentos racionais e democráticos das decisões do Governo no que respeita à apresentação do PEPAC 2023-27 à Comissão Europeia, prevista para o final do corrente ano de 2021.”

Previsão de aumento na produção de vinho no Alentejo

É uma previsão da Universidade do Porto, levada em conta pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), e que revela que, de acordo com a s vindimas de 2021, a produção de vinho no Alentejo pode aumentar entre 5 e 10% - face a 2020 - e chegar aos 120 milhões de litros de vinho.

Alentejo: produtores de cereais unem-se para salvar águia em extinção

Chama-se a águia-caçadeira (Circus pygargus) - é também conhecida como tartaranhão-caçador - e é a mais pequena das águias europeias.

É uma das aves em maior risco de extinção da fauna terrestre nacional, e alimenta-se sobretudo de insetos, mas também passeriformes, répteis e pequenos mamíferos, principalmente ratos. A sua distribuição é maior nas planícies alentejanas, frequentando terrenos abertos com poucas árvores, nomeadamente áreas coincidentes culturas cerealíferas.

Ervideira recupera faturação e reforça investimento nos vinhos

Depois do choque que a grande generalidade das economias e empresas nacionais sofreram em 2020, fruto da pandemia e dos seus efeitos, 2021 tem representado para a adega da Ervideira um ano de recuperação.

O ano passado significou para a produtora alentejana uma redução de 32% na faturação, conseguindo ainda assim ter apresentado um saldo positivo superior a 100.000€. Os resultados do primeiro semestre  mostrar um crescimento de 11% -alicerçado num crescimento do mercado - na faturação total face a 2020, ainda assim, 26% abaixo de 2019.

Agribusiness 2021 - um evento internacional dedicado à agricultura

O “Agribusiness 2021” decorrerá de 2 e 16 de julho. É um evento internacional de negócios e contará com a presença de jornalistas, entidades de relevo, opinion makers e importadores, ligados ao setor agroindustrial, com o objetivo de fomentar a exportação dos produtos portugueses, utilizando uma estratégia de promoção coletiva da região.

Deputado alentejano quer Mundo Rural a “conjugar tradição com inovação e sustentabilidade”

O deputado alentejano Pedro do Carmo defendeu que a Agricultura e o Mundo Rural são parte do futuro e devem “conjugar tradição com inovação e sustentabilidade” nos trabalhos da Conferência Interparlamentar sobre desenvolvimento rural, agricultura e coesão territorial na União Europeia.

Odemira: restabelecida circulação para trabalhadores agrícolas

Foram estabelecidas pelo Governo condições excecionais para permitir a circulação de trabalhadores nas freguesias de São Teotónio e Longueira-Almograve, no concelho de Odemira, onde ainda está em vigor uma cerca sanitária para contenção da transmissão da infeção por SARS-CoV-2.

Ministra da Agricultura vê Alqueva como caso de sucesso e corretor de assimetrias

Maria do Céu Antunes, Ministra da Agricultura vê o empreendimento em redor da Barragem do Alqueva como caso de sucesso e um fator corretor de assimetrias.

Foi através de uma mensagem de vídeo, gravada e transmitida no encerramento do "webinar" "Gestão do Regadio no Perímetro do Empreendimento de Fins Múltiplos do Alqueva (EFMA)", e que encerrou a edição de 2021 da Ovibeja, que a ministra da Agricultura considerou que o empreendimento do Alqueva  “um caso indiscutível de sucesso" e que tem dado um grande contribuindo para a "correção de assimetrias" no Alentejo.

Páginas